Terça-Feira, 25 de Julho de 2017

Marcelo Hindi

Marcelo Hindi é livre pensador (filósofo), Professor e Escritor. Apaixonado por livros, teatro e bom papo, está sempre com a cabeça pipocando de ideias sobre viver bem, bom humor, amizade e amor. Entusiasta da espiritualidade inata e presente em todas as culturas, pesquisa e estuda os mais variados assuntos e é colaborador do STUM, colaborador e colunista de Jornais­, autor do Blog ZerandoKarma e autor de textos avulsos espalhados pelos mais variados meios. Pacifista e conciliador, acredita que todos somos parte de uma nação ética chamada Planeta Terra.

Website pessoal: Terapia Viver Bem

Ver todas as colunas

Treinamento do Olhar – Renascendo para a Vida



Autor Marcelo Hindi - marcelo.hindi@gmail.com

 

A leitura desse texto requer um alerta Inicial: a primeira fração desta coluna trata do passado até o momento presente, a segunda, do exato agora até o futuro ilimitado. Em cada uma das duas partes trataremos do mesmo assunto, tão relevante: você e o que você sente. Versaremos sobre a tristeza e a angústia, sobre o tédio e o conformismo e também sobre a renovação com suas fabulosas possibilidades de realização, contentamento e celebração da vida. Ao iniciar a jornada por essas linhas, segure-se bem, pois iremos nos deslocar por entre opostos emocionais bastante intensos. Vamos juntos, que tal agora mesmo? Se ao olhar pela janela você vê o dia cinzento, descolorido, com o ar parado, pesado, denso até - assim como estava ontem, anteontem, e antes também; se observar ao seu redor um ou outro objeto que se ajusta com relativa ordem onde você se encontra - talvez até para satisfazer um padrão pré-definido - e considerar que é tudo tão sem graça; se você sabe que seus compromissos não te esperarão voltar a sorrir e que suas responsabilidades não permitirão que sua lágrima chegue a secar totalmente, e ainda assim resignado, conformado, você segue em frente, mesmo sem saber o porquê e nem para quê. 

Se você nota que o tempo não passa quando você tem tempo para "passar-o-tempo", e por outro lado, quando com ele você não pode contar, tamanha exaustão frente à imoderada faina, implacável, inexorável, e frio o tempo passa rápido demais. E assistindo a vida com olhos indiferentes, conformados, mesmo que seus pesares contraiam sua garganta e pulmões, revelando o ar ainda mais denso, impassível você avança, afinal, embora doloroso, tudo deve ser cumprido e estar em seu devido lugar. Se você sente que o peito oprimido é sua noite, e seu dia requer uma palavra que o descreva, pois desconhece qualquer que seja prestimosa palavra que ao quase indescritível faça jus, e aquela lágrima que não seca, permanece, solitária, revelando em sua sofrida face que a vida continua. E você continua. 

Eu te compreendo! Dedico a você essas linhas, sou solidário àquilo que ao menos carrego em minhas memórias, e assim como você eu sofri, chorei, sorri e vivi. Prossegui leitor estimado, e fiz meu caminho a cada passo até esse exato momento, e seguramente posso lhe dizer: a escolha que fiz valeu à pena, pois hoje conheço um tantinho mais os caminhos da realização, o suficiente para te acompanhar no universo de possibilidades; para comunicar que tudo pode ser diferente do que já foi até então, e que resgatar o prazer de viver é viável e está se revelando precisamente... Nesse momento. 

Convoco sua atenção leitor valente: você chegou até aqui; passou pelos altos e baixos de sua vida; temeu e também prosseguiu bravamente, inegável que é vitorioso. Descortina-se a partir de agora uma perspectiva totalmente renovadora: a Vida não é somente o que pareceu ser até então. Não acredite que tudo que viveu, presenciou e conheceu - e que resultou em sua experiência presente- condiciona sua história; tudo o que parece compor a vida é uma ínfima parte no mundo de possibilidades, e há uma porção muito generosa de possibilidades de realização nesse Todo. Acredite, é a maior porção. 

Recomendo com toda convicção: escolha a estrada que se revela diante dos seus pés, rumo ao futuro. Escolha observar com inocência decidida, sem nenhum pré-conceito, sem nenhuma ideia preconcebida. Este é um grande desafio, contudo o resultado justifica muito mais do que somente esse esforço. A visão ingênua e pura do todo conhecido acerca de sua vida é informativa, porém, já compõem em síntese suas experiências - calos de vida - e, portanto, seus olhos podem voltar-se ao ‘daqui para diante. O que você reconhecer é parte de uma história inacabada, em construção. A pena ainda está no papel, aguardando o momento de suavemente acariciar com letras novas as linhas que revelarão o script renovador e realizador do presente e do futuro. 

Agora em diante, eis a estrada plena de possibilidades que se abre diante de você, e para tanto basta uma escolha. Erga a cabeça! Respire profundamente uma vez, duas, três até sentir que sua musculatura relaxou o bastante para que você sinta bem estar e perceba seu próprio corpo, esse veículo surpreendente que te trouxe até aqui e que te possibilitará viver o novo script. Até então você alimentou a forma, a partir de agora você alimentará com igual importância a alma, e com nutrientes de melhor qualidade.

Você chegou até aqui. Este é o advento. Agora, neste exato momento, sem absolutamente nenhum preço a pagar, simples e suavemente é hora de escolher a vida; a sua vida renovada. Renasça agora! Você só precisa escolher. Cada ação, cada momento, cada renúncia, cada inovação é dirigida ao bem estar e ao belo, harmonioso e bom. Olhos treinados veem o que foram treinados para ver. Mentes treinadas produzem sentimentos treinados. Este é o momento de começar um novo treinamento - agora escolhido, consciente. Nessa fase os olhos focarão responsavelmente para o belo. Os olhos serão treinados para perceber o belo. A mente computará o belo e os sentimentos revelarão o belo. Assim, as ações, o comportamento e as relações serão baseados no belo, no agradável e no bom. O belo é o significado dado pelo coração a tudo que for vivido. Da colheita extraímos a compreensão e a sabedoria sobre o plantio. Portanto, chegou o momento de ouvir menos a mente e mais o coração. 


Um grande abraço 

 

Marcelo Hindi – Professor e Psicoterapeuta Holístico

 

contato@terapiaviverbem.com.br

 

www.terapiaviverbem.com.br

 










Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2017, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.