Domingo, 17 de Fevereiro de 2019

A saudade que sinto de você



E assim que o vento soprar na minha face

fecharei os meus olhos e sussurrarei o seu nome

Sussurrarei mais uma vez até que você possa sentir e ouvir

a brisa chamando pelo seu nome

 

Então, caminharei sem destino por entre as árvores

e encostarei em cada uma delas para que possam exalar o meu perfume

e quando a noite me encobrir com o seu manto negro 

salpicado de pequenos brilhantes

eu gritarei o mais alto que eu puder

para que a noite se rasgue num profundo lamento

 

Me ajoelharei ao chão e cortarei a terra com minhas unhas

cavarei para tentar enterrar minhas angústias

continuarei gritando para extravasar esse amor

e continuarei cavando para enterrar a vontade de te ter

deixarei que minhas lágrimas caiam para que esvaziem de mim 

a saudade que sinto de você












Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.