Quarta-Feira, 20 de Fevereiro de 2019

Denise Corrêa

Graduada em Comunicação Social pela Universidade de São Paulo, pós-graduada em Psicopedagogia.

Ver todas as colunas

As Três Palavrinhas Mágicas



Criar filhos, hoje em dia, é uma tarefa difícil e extremamente prazerosa.

Nos pegamos, constantemente, questionando: será que estou agindo certo? Como devo criá-los? As informações estão aí, disponíveis na rede, e não precisamos mais recorrer aos conselhos de nossos familiares.

Será que a “fórmula secreta” para a educação dos nossos filhos existe?

Será que a forma de como educar nossas crianças mudou?

Acompanhamos as mudanças?

Praticamos o que conhecemos e recebemos dos nossos pais?

Precisamos educar nossos filhos cientes de todas as mudanças, porém, conscientes de que eles estão no início da vida, e tudo que for ensinado e exemplificado hoje ficará guardado para sempre.

Eu criei três filhas, com muitas dúvidas e insegurança, mas criei, e morro de orgulho delas. Não tenho uma “fórmula secreta”, mas contei com a ajuda das tais “palavrinhas mágicas”, palavras estas que recebi como ensinamento dos meus pais e pasmem: elas funcionam... E como funcionam! E são tão simples de usar.

“Com licença”, “Por favor” e “Obrigado(a)” são mágicas, elas têm o poder de transformar nossas crianças em adultos melhores. Ensinar como e quando usá-las é tarefa dos pais e são facilitadores na “Arte da Educação”, sem dúvida. Repercutirá em todos os ambientes visitados e frequentados por nossas crianças.

Eu sei que, às vezes, cansados, saturados de tantas informações e responsabilidades no nosso dia-a-dia, acabamos jogando nossas frustrações em quem mais amamos e esquecemos de usar aquelas palavrinhas que por vezes ensinamos, mas não praticamos.

Calma! Pense nas palavrinhas mágicas!

Se estiver a ponto de magoar, o “com licença” será bem-vindo. É um gesto cortês, que demonstra educação. Saia de cena e repense.

Se precisar de algo, o “por favor” pode ajudar em qualquer situação.

E o “obrigado(a)”... Ah, ele move montanhas! Libera sorrisos, ajuda a navegar nesse mundo complicado e tenso. A gratidão fortalece! Estudos mostram que as pessoas que praticam a gratidão são mais propensas à generosidade, são mais saudáveis e mais felizes. É necessário que toda criança entenda que a gratidão é um ato notável.

“Com licença”, “por favor” e “obrigado(a)” precisam ser integrados à vida de nossos pequenos.

Criar uma criança respeitosa, carinhosa e ética sempre pode parecer um trabalho árduo, mas é algo que todos nós podemos fazer e, certamente, um dos trabalhos mais importantes e gratificantes que podemos citar.

Denise Corrêa - Psicopedagoga e Tutora Educacional
Graduada em Comunicação Social pela Universidade de São Paulo, pós-graduada em Psicopedagogia.
Fone e Whatsapp: (11) 99464-3749












Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.