Quinta-Feira, 4 de Março de 2021

Mayk Souza

Mayk Souza é fundador da startup de marketing de conteúdo Coesão e atua há mais de 10 anos no mercado digital e presença online

Ver todas as colunas

Black Friday cresce 25% e a sua empresa aproveitou essa demanda?



Black Friday 2020 é sucesso

O comércio eletrônico cresceu em 2020 e bateu recorde na última edição da Black Friday, movimentando mais de R$ 4 bilhões em pedidos. O crescimento, comparado a 2019, é de 25,1%, de acordo com dados divulgados pelo Ebit/ Nielsen.

Se voltarmos no tempo, lá para março, antes da pandemia, dificilmente alguém apostaria em tal expansão para as vendas virtuais no Brasil.

Acontece que a pandemia fechou lojas físicas, reduziu o fluxo de pessoas em trânsito e aumentou o tempo de exposição online. Além disso, o problema impulsionou a digitalização de vários negócios e a bancarização de diversos consumidores por causa do auxílio emergencial.

A junção destes fatores ajuda a entender o desempenho dos negócios neste final de novembro com as ações da Black Friday 2020.

Cabe agora você fazer uma avaliação, pela evolução do mercado, em seus negócios, qual foi o sucesso alcançado neste ano.

De acordo com o Google, as temáticas mais buscadas durante o dia de promoções foram:

  • Telefonia;
  • Utensílios para cozinha;
  • Televisões;
  • Laptops;
  • Cosméticos;
  • Controle climático;
  • Componentes para computador;
  • Componentes para equipamentos de áudio;
  • Peças para veículos motorizados;
  • Eletrodomésticos para lavanderia;

Trabalho com base em dados

Ao observar esse sucesso nas vendas de 2020, com acréscimo de 25% nas operações, e cruzar com o resultado da sua loja, você então terá três conclusões possíveis:

  • Sucesso;
  • Dentro do normal;
  • Fracasso.

Nos três cenários, você deve fazer uma avaliação rigorosa de tudo o que foi feito nos últimos meses, desde o planejamento até o dia da Black Friday. Suas fontes de tráfego se mantiveram, cresceram ou caíram nos comparativos com o mês anterior e com novembro de 2019?

As suas promoções realizadas, em percentuais, foram melhores, iguais ou inferiores?

É necessário documentar toda essa auditoria para avaliar quais são os elementos que ajudaram a ter sucesso, que mantiveram a sua loja dentro do normal ou que levaram ao fracasso na Black Friday.

2021 já é realidade

Ao ler esse artigo, pode ser que o ano ainda não tenha acabado, mas para o mundo dos negócios, já estamos em 2021.

As metas, a definição sobre investimentos, promoções e ferramentas que serão usadas em 2021 já devem ser de conhecimento da sua equipe. Você usa as melhores tecnologias para promover uma experiência incrível de compra e demais elementos que, juntos, vão colaborar com a fidelização de clientes?

Seu processo de pós-vendas teve algum gargalo que gerou alta demanda de atendimento ou mesmo cancelamento? As metas de vendas da empresa em 2021 passam também pela retenção dos usuários atuais com melhora constante dos processos e também com aperfeiçoamento da experiência de cliente.

Para 2021, você precisa estabelecer já um calendário de datas importantes com datas que são consideradas macro (campanhas mensais) e aquelas que serão pontuais (semanais ou diárias).

Ou seja, pegue o resultado de vendas do ano (2020) e veja os meses de melhor taxa de vendas e avalie o que foi feito. Desta forma, você vai priorizar as ações que são relevantes dentro do seu mercado.

Depois deste calendário, separe as tarefas de acordo com os setores: geradores de tráfego, área de promoções, atendimento ao cliente, infraestrutura, etc.

Qual o objetivo desta separação de tarefas? Medir a eficiência de cada área e colocar os respectivos prazos necessários para suas realizações com qualidade.

Infelizmente, muitos bons projetos se perdem no meio da sua realização por pendência ou falta de comunicação entre as áreas e depois a empresa mede o sucesso comercial apenas pela ótica do marketing. Não faça assim!

Tenha em mente que o marketing é responsável por gerar uma demanda e levar o interessado até o caixa para fazer o pagamento, a partir deste momento outras áreas da empresa entram em ação, seja no mundo virtual ou no digital.

Falhas com sistema de pagamento, de cálculo de frete, site lento, produto esgotado, cancelamento, atraso na entrega, embalagem danificada e produto errado são apenas alguns dos milhares de problemas que podem surgir e afetar a conclusão de uma compra, gerando prejuízo ao negócio.

Ao isolar os indicadores, você consegue direcionar esforços ao setor que mais necessita, ampliando o seu potencial de competição.

Faça essa organização para 2021, seus funcionários vão agradecer e seus clientes vão ficar mais satisfeitos!










Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2021, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.