Domingo, 17 de Fevereiro de 2019

Caroline Silva Fraga

Eu sou Fonoaudióloga, Palestrante, trabalho com aperfeiçoamento da comunicação.
Eu atuo na área de Aperfeiçoamento da Comunicação há 06 anos. O que eu venho percebendo atendendo inúmeros clientes a falta de “consciência” da forma como se comunica e perdendo assim, oportunidades de conquistar um emprego ou uma promoção tão sonhada.Então, eu quero te ajudar a ter consciência a partir dicas, orientações e notícias sobre fala dicção, projeção vocal, qualidade da voz, postura corporal, expressões faciais, construção de argumentos etc.

Acesse o meu Blog pessoal: www.phvoz.com
Lá você encontrará textos enriquecedores para continuar a sua jornada de Sucesso!!

Ver todas as colunas

Definir Oratória é fácil, difícil é ser um Grande Orador



"O olho vê somente o que a mente está preparada para compreender."

                                                                                                    (Henri Bergson)

 

Olá,

 

Hoje eu tenho um exercício para testar se você é um grande orador.

Bora?

Se você tivesse que falar sobre o que você faz de melhor, das suas competências profissionais, como você poderia fazer isso de um jeito que despertasse o interesse das pessoas?

Pergunta difícil?

Então, eu vou te ajudar.

Se você pesquisar o significado de oratória, você irá ler uma linda definição que é a arte de falar em público.

Teoricamente pela definição você deveria ser um excelente orador, já que você fala diariamente, praticamente 24 horas por dia com colegas, chefes, familiares, amigos, etc.

Correto?

Só que na prática, no dia a dia falar de oratória não é tão simples.

 


 

PORQUE NÃO BASTA FALAR, VOCÊ PRECISA SER OUVIDO

 


 

 

Não é fácil ter a atenção de alguém, ter uma larga audiência, ser admitido a tomar a palavra em certas circunstâncias, em certas assembleias, em certos meios.

Você sabia que a construção de ouvintes efetivos exige um conjunto de condições?

O mínimo necessário é falar a mesma língua que possibilite a comunicação.

Só que isto não basta. Precisamos seguir uma hierarquia, uma ordem, existem regras (conversei um pouco sobre isso  no post sobre Dominar as regras de Comunicação, mas se você não leu ou não lembra, não tem problema leia depois desse texto) que estabelecem como a conversa pode iniciar-se.

Há pessoas com os quais qualquer contato pode parecer supérfluo ou pouco desejável. Há pessoas aos quais não nos preocupamos em dirigir a palavra; há outros também com quem não queremos discutir, mas aos quais nos contentamos em ordenar.

Mas se você deseja ser importante, deseja impactar pessoas, você não deve ordenar, mas ponderar, se preocupar com a reação delas.

 

Quando Você Tem informações Sobre O Seu Público, Fica Um Pouco Mais Fácil Desenvolver A Sua Comunicação.

 

Então, você ter o conhecimento daqueles que se pretende conquistar é, pois, uma condição prévia de qualquer argumentação eficaz.

Cada orador pensa, de uma forma mais ou menos consciente, naqueles que procura persuadir e que constituem o seu público ao qual se dirigem seus discursos.

 

Você Precisa Saber Construir Argumentos Para Um Público Diversificado.

 

 É muito comum acontecer que o orador tenha que persuadir e/ou convencer um público heterogêneo, reunindo pessoas diferenciadas pelo caráter, vínculos ou funções. Ele deverá utilizar argumentos múltiplos para conquistar os diversos elementos de seu público. É a arte de levar em conta, na argumentação, seu público heterogêneo que caracteriza o GRANDE ORADOR.

Resumindo se você quer ser um grande orador, tem que valer seus argumentos sob todos os ângulos, discutir como cristão, como pagão, como marido, como patriota, como homem, como mulher, como profissional, etc. Enfim, tais meios foram conhecidos em todos os tempos, foram empregados pelos gregos, romanos, pelos homens da Idade Média; sendo que os aperfeiçoamentos técnicos possibilitaram, em nossos dias, desenvolvê-los poderosamente, de modo que hoje são empregados pelos políticos, advogados e por qualquer pessoa que deseje uma ação sobre atitudes, comportamentos das outras pessoas.

 

Eu espero que você comece a mudar a sua forma de pensar e ver a oratória e pare com URGÊNCIA de achar que só deve falar com um público específico.

Você se lembra do texto que eu fiz sobre a comunicação da Xuxa ser somente para o público infantil? Então, não caia nesse erro.

 

Até breve,

Seja faminto pelo seu sucesso!!

Blog pessoal: www.phvoz.com












Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.