Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

Vander Christian

Vander Christian é apaixonado pelo mundo da leitura e escrita. Autor dos romances KARINA, PASSADO E PRESENTE e DUAS VEZES PAMELA MONTEIRO.

Redes Sociais:





Últimos artigos

Ver todas as colunas

Embalagens Bonitas



Você não precisa necessariamente estar com fome para abrir um pacote de salgadinho. O intervalo entre uma refeição e outra, pode demorar e ele pode ajudar a diminuir esse tempo. O problema é o preço, muitas vezes, apenas por causa do nome, ou porque algum atleta apareceu fazendo a propaganda, alguém já crava que o preço será altíssimo!

E outro detalhe: cada vez mais, tenho a impressão que os pacotes de salgadinhos estão ainda mais vazios. A quantidade de ar aumentou consideravelmente. Dizem que é para garantir que os salgadinhos venham mais crocantes. Pode ser. Mas é triste abrir o pacote e ver que eles preenchem menos da metade daquela embalagem, tão bonita. O truque com o tamanho das embalagens é uma afronta para quem está com fome! Esperamos encontrar os salgadinhos transbordando e não um pouco abaixo da metade do pacote. Se duas pessoas forem dividir, lascou. Ambas vão ficar com fome. Se tiver uma terceira pessoa então, o melhor a fazer é cada um comprar o seu e pronto. Nada de dividir!

Isso me faz lembrar daquele tão famoso ovo de chocolate que vem com um brinquedo dentro. O preço assusta. No entanto, a quantidade de chocolate causa um terror! Praticamente não existe chocolate! A euforia de estar com um alimento tão famoso nas mãos logo vai embora, ao constatarmos que seria preciso uns três deles para encontrar o gosto do chocolate. Coitado dos pais, que compram um desses ovos para os filhos.

Alguns alimentos até preenchem toda a embalagem. Contudo, ao abrir o pacote, eles estão divididos em milhares de pedaços. Aí fica a dúvida: foi embalado assim, parecendo uma farinha, ou quebrou na prateleira do supermercado? Ou pior, será que quebrou nas minhas mãos?

Com certeza existe algo misterioso acontecendo com as embalagens e os seus alimentos. Outro dia, resolvi contar quantas bolachas vinha dentro de um pacote. De acordo com a informação escrita na embalagem, faltava uma.

— Nossa, como você é chato! — censurou um amigo.

— Não sou chato. Estou sendo roubado! Está faltando uma bolacha!

Discutimos bastante, como tínhamos dividido o dinheiro para comprar o pacote, dividimos as bolachas também. Ele comeu menos do que eu.

— A sua divisão está errada.

— Veio faltando uma. Por isso a divisão não ficou correta.

— Ok. Na próxima vez, vamos contar e se a quantidade estiver errada, devolveremos o pacote.

As embalagens são bonitas, mas não sabemos como estão os salgadinhos, os ovos e as bolachas dentro delas. Assim também são algumas pessoas. Bonitas por fora, mas por dentro todas quebradas, sem sabor e incompletas.

 

 

Obrigado pela visita!

 

COMECE A LER MEUS LIVROS GRATUITAMENTE:

 

Duas Vezes Pamela Monteiro 
http://amz.onl/6kNQLOT

 

Passado & Presente 
http://amz.onl/bSJOgdX

 

Karina 
http://amz.onl/2zZb89q

 

Até breve,

 

       










Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.