Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019

Julhia Marqueti

Julhia Marqueti cursa o primeiro termo de Jornalismo, tem um grande interesse pela leitura e escrita sobre esportes, especialmente futebol.

Comentários e resumos sobre os principais jogos e campeonatos nacionais, feitos por uma mulher que além de apaixonada por futebol, entende desse esporte.

Ver todas as colunas

Ídolos no futebol... Para quê te quero?



Julhia Marqueti Pereira

Significado da palavra “Ídolo” no dicionário: “1 Estátua, figura, ou imagem que representa uma divindade e que é objeto de adoração. 2 Objeto de grande amor, ou de extraordinário respeito.”

Significado da palavra “Ídolo” no dicionário de torcedores: Jogador que daria a vida pelo time que torço.

Há quem diga que ter Ídolos é errado, que idolatrar uma pessoa é o máximo de carência que pode se chegar e tem quem não leva nada do que citei a sério, inclusive eu.

 

 

 

Tem pessoas que passam dos limites, isso é mais do que provado, mas me diz, como vamos ser normais quando a pessoa que idolatramos dão a vida pelo nosso maior amor que é o nosso time?

Sendo o país do futebol, com o futebol não tão bom atualmente, vemos jogadores e mais jogadores construindo histórias em clubes brasileiros, deixando grande marcas cravadas, indo para o futebol internacional e voltando para finalizar carreira no clube em que ama. Mas também tem aqueles que deixaram de vestir várias camisas para honrar apenas uma, o exemplo mais recente, ficando com Rogério Ceni, que se aposentou em dezembro de 2015 depois de 25 anos no Tricolor Paulista, mas outros nomes também podem ser citados, Marcos do Palmeiras, Franco Baresi do Milan, Nilton Santos do Botafogo, entre outros.

Me digam vocês, é possível torcer sem se quer admirar ao máximo alguém que veste a camisa e vai para dentro de campo enquanto você está torcendo, seja de casa ou do estádio, pela vitória? Tem como não se encantar com alguém que chora após um titulo? Se emocionar ao ver um jogador se despedir aos prantos do time que ele defendeu a camisa, e aprendeu a amar nesse tempo que esteve pelo clube?

A minha resposta seria, claramente, não!

Nós, torcedores, gostamos disso, daquele que não está ali pelo dinheiro, aliás sofremos muito quando vemos que existem jogadores que não jogam por amor ao clube nem por amor a profissão, sabemos que todos tem contas para pagar, mas fazer corpo mole em qualquer jogo, seja ele decisivo ou não, é uma sacanagem gigantesca com quem se dedica a amar futebol e não receber nada em troca disso.

Para quê queremos ídolos dentro de campo? Só para aumentar a história do nosso time? Isso é pouco! Queremos ídolos porque queremos alguém que nos represente ali dentro do gramado. Alguém que vista a camisa como se fosse torcedor, alguém que dê sangue, raça, vontade, não pelo dinheiro que cai na conta, normalmente em dia, mas pelos torcedores e pelo clube que precisa de títulos para ser grande, que precisa quebrar tabus e manter, ou aumentar, o respeito dos demais.

Por isso idolatramos, porque não tem como não gostar\admirar\amar alguém que em meio a tantos caras que só pensam em dinheiro, um veio para vestir a camisa e honrar, como tem que ser honrada a camisa de um time de futebol.

E não pense que começamos a idolatrar só porque o cara declarou amores para o clube em rede nacional. O que nos faz admirar muito um jogador é o que ele faz dentro de campo, afinal, falar todo mundo fala, mas na hora de fazer, o assunto muda completamente. O futebol moderno já está ficando chato demais para termos que lidar com mercenários que não são dignos de vestirem a camisa do time que torcemos, seja ele qual for o seu.

E, finalizando esse  texto, tendo plena consciência de quê, hoje em dia, a maioria dos jogadores jogam por dinheiro e não por amor, acho justo relembrarmos, nas minhas próximas colunas, Ídolos de alguns clubes brasileiros, para mostrar que futebol com amor é muito mais bonito.

Aceito sugestões de Caras que cravaram o nome na história do seu time! Comenta aí embaixo, ou me manda nas redes sociais!










Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.