Domingo, 17 de Fevereiro de 2019

Higor Vieira

-Empresário
-Formado em transações imobiliárias
-Docente em Jornalismo
-Escreve semanalmente sobre: Política e Economia nacional e Internacional, para este renomado portal e para o Mais Minas (Belo Horizonte-MG)


Goiânia GO

Ver todas as colunas

Moro Diverge Do Decreto De Posse de Armas



(Foto: Reprodução/ Agência Brasil)

Após a edição do decreto que flexibiliza a posse de armas, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, interlocutores dão conta de que o ministro da justiça Sérgio Moro teria uma proposta diferente.

Para o ministro, o número ideal para o registro de armas por cidadão seria de duas armas e não quatro. 

Além disso Moro avalia também que algumas restrições à renovação, traria mais segurança. No texto recém editado, a renovação é automática para quem já tem o registro.

Ainda assim eu Moro teria afirmado que vê como normal a edição do Decreto, já que esta era uma promessa de campanha de Bolsonaro, e o documento não dependia exclusivamente do Ministério da Justiça.

Moro entende que num governo às vezes se emplaca ideias e as vezes não.

Em entrevista na noite desta terça-feira(15) à Globonews, o ministro afirmou que não há nenhum movimento dentro do Ministério da Justiça afim de facilitar o porte de armas, esclarecendo rumores que há neste sentido.












Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.