Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

Leandro Melero

Leandro Melero é Analista, Escritor e Consultor Especialista em Segurança do Trabalho. Também é Palestrante, Professor e idealizador do canal de Youtube "Melero Channel", sobre Saúde, Segurança do Trabalho e E-Social SST.

Ver todas as colunas

No Brasil, a cada 49 segundos acontece um novo acidente de trabalho. Você sabe o que é acidente de trabalho?



Por: Leandro Melero

https://m.youtube.com/c/MeleroChannel

https://www.facebook.com/melero.channel

 

Com as crescentes estatísticas de prejuízo a saúde dos trabalhadores, aumenta também a necessidade de conhecimento sobre as variáveis que podem levar ao acidente de trabalho.

Novos dados do Observatório Digital de Segurança e Saúde do Trabalho, do MPT – Ministério Público do Trabalho, indicam que um novo acidente do trabalho acontece a cada 49 segundos, com prejuízos para economia na casa dos R$ 82 bilhões, isto somente entre os anos de 2012 a 2018.

Poucas pessoas sabem, mas é a legislação previdenciária a principal responsável em classificar os acidentes de trabalho. As regras que definem os acidentes estão instituídas na lei 8213/91, entre os artigos 19 a 23 da lei. Nela podemos identificar basicamente as três classificações em  que os acidentes de trabalho podem ocorrer:

Acidente Típico:

O que ocorre pelo exercício do trabalho e a serviço de empresa, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte, perda, redução permanente, ou temporária, da capacidade para o trabalho.

Acidente de Trajeto:

Quando o trabalhador sofre o acidente no caminho para o trabalho, ou do trabalho para casa.

Apesar de polêmico, é importante destacar que para os acidentes de trajeto os direitos dos trabalhadores são garantidos em equivalência aos dos que sofrem um acidente de trabalho típico.

Doença do Trabalho:

Sim, doenças também são consideradas acidente de trabalho!

Distúrbios na saúde pelas condições em que o trabalho é realizado e com ele se relacione diretamente, causados por exposições a agentes físicos químicos, biológicos e ergonômicos, classificam as doenças do trabalho.

O trabalhador também pode adquirir uma doença devido a sequelas de um acidente no ambiente de trabalho, desta maneira, classificamos a doença em decorrência do risco de acidente, chamado também de risco mecânico, assim classificando o dano a saúde do trabalhador como um acidente de trabalho.

 

Ações governamentais tentam conscientizar para diminuição dos acidentes, com criações de regras e fiscalizações para as empresas. No entanto, mais que imposição, fica evidente a necessidade de uma cultura prevencionista genuína nos ambientes de trabalho, não apenas voltada ao atendimento legal (para não ser multado), mas uma cultura onde a vida é a maior prioridade a ser zelada.










Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.