Sexta-Feira, 19 de Abril de 2019

Noites Sombrias



Vaga o pensamento percorrendo a distancia de mim

Voa para longe e vai onde eu não posso ir
Noite escura, breu, sombras, os vultos perto daqui

Sentimento diverso, dor, esperança 

O que mais eu posso sentir?



Vagando eu vou por esses caminhos, sem saber aonde ir

Noites sombrias me encantam por que você não estar aqui?
Sopra a brisa em minha nuca fecho os olhos para sentir

Toca meu corpo suavemente queria te ter aqui

Olho e nada vejo tão escuro que estar

Vento sopra e balança carrega o que estou a pensar 
Puxa-me e leva-me não suporto a solidão

Noites sombrias me embalam e me deixam na conformação.












Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.