Domingo, 18 de Agosto de 2019

Caroline Silva Fraga

Eu sou Fonoaudióloga, Palestrante, trabalho com aperfeiçoamento da comunicação.
Eu atuo na área de Aperfeiçoamento da Comunicação há 06 anos. O que eu venho percebendo atendendo inúmeros clientes a falta de “consciência” da forma como se comunica e perdendo assim, oportunidades de conquistar um emprego ou uma promoção tão sonhada.Então, eu quero te ajudar a ter consciência a partir dicas, orientações e notícias sobre fala dicção, projeção vocal, qualidade da voz, postura corporal, expressões faciais, construção de argumentos etc.

Acesse o meu Blog pessoal: www.phvoz.com
Lá você encontrará textos enriquecedores para continuar a sua jornada de Sucesso!!

Ver todas as colunas

Pausa silenciosa: o que você precisa entender



No texto que postei no dia 03 de agosto, eu aprofundei o assunto sobre dicção - arte de falar bem - o qual eu tinha falado no post Efeito Barack Obama, se ainda não leu, leia os dois, aliás volte para ler todos os textos pois têm informações relevantes que eu fiz especialmente pensando em você para construção de uma comunicação eficiente, segura e que alavanque ainda em 2018 a sua carreira.

Antes de entrar no assunto, quero te pedir que compartilhe essas informações com seus amigos, familiares, conhecidos, vizinhos, com todo mundo. E mande um e-mail para mim com comentários sobre esse post, suas dúvidas, o que te incomoda na sua forma de falar, para que eu possa te ajudar escrevendo um texto sobre isso, porque pode ser um problema seu e de outras pessoas.

O assunto de hoje, eu volto a falar de pausa, você pode questionar que esse assunto já foi abordado no dia 29 de julho, mas eu quero chamar a sua atenção que falei sobre pausas preenchidas, e agora quero falar de pausa silenciosa.

Eu poderia ter dado uma sequência nos textos, mas eu preferi dar uma “quebrada” no assunto para falar de dicção e voltar  neste post para falar de pausa silenciosa. Só que eu fiz pensando em você, porque informações novas requerem certo tempo para aprendermos. Então, não adiantaria falar dois textos seguidos de pausas e você não ter uma boa  compreensão.

O meu objetivo e o meu compromisso é te ajudar a melhorar a sua comunicação. Então, eu preciso falar dos assuntos aos poucos para que você compreenda esse universo magnífico que é sua comunicação.

Agora que já te expliquei, vamos ao assunto. Quando se fala de pausa silenciosa, você precisa ter mente que no transcorrer de uma conversa, você pode parar de falar. Esse silêncio acontece por dois motivos: você vai falar uma informação tão importante em seguida, que você usa a pausa para dar um efeito dizendo para seu ouvinte: - se prepara que eu vou falar algo muito relevante; ou você vai pausar para reorganizar as idéias, lembra daquele famoso branco? Pois é, você lembra então, que sempre usa como estratégia essa pausa.

 Os motivos que mencionei mostram como essa pausa é importante, mas pode virá um grande vilão, pois o seu ouvinte pode se distrair e não prestar mais atenção e você perder a sua credibilidade.

Tem um programa que eu utilizo com os meus clientes que analisa a forma de falar, inclusive, mensura até o tempo da sua pausa silenciosa. Não vou entrar em detalhes desse programa, porque não tem como apresentá-lo para você escrevendo, mas eu quero que você saiba que tem como você saber se sua pausa silenciosa é curta ou é longa demais.

Só que existe outra forma de você saber, é você ficar atento as suas pausas silenciosas para que tenha o efeito positivo durante a sua fala.

Eu quero que você use a pausa silenciosa ao seu favor e aumente a sua credibilidade. Então, eu vou te falar que existem estratégias, ao contrário da pausa preenchida que a única  estratégia que existe é para eliminar da sua fala.

Primeiro, eu pergunto qual o seu objetivo? Sempre digo para o meu cliente que  a pausa silenciosa será adequada ou não, dependendo  do objetivo que ele quer alcançar.

Lembra do parágrafo acima que eu mencionei os dois motivos que levam a essa pausa? Então, você precisa saber se o seu objetivo é chamar atenção para uma informação extremamente importante que vem logo em seguida, se for, conte mentalmente (1,2) dois segundos é o tempo suficiente para o seu ouvinte prestar atenção.  Mas se seu objetivo é reorganizar as suas idéias, porque deu o famoso branco, você conte (1,2,3) três segundos é o tempo necessário. E fora que é melhor que você utilize essa pausa para reorganizar as idéias, em vez da pausa preenchida ( eh ) no final da oração.

Eu espero que você comece a prestar mais atenção na sua comunicação para que se tornar um exímio orador.










Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.