Sexta-Feira, 6 de Dezembro de 2019

Vorneis de Lucia

Vorneis de Lucia é Consultor, Palestrante, Ambientalista, Pesquisador em Agroecologia e Presidente do Instituto de Pesquisa Aplicada Pro Humanitas.
www.prohumanitas.org.br

Ver todas as colunas

PLANEJAMENTO URBANO



Muitas vezes eu me pergunto: Você já se questionou a respeito da diferença entre o engenheiro, o arquiteto e o urbanista? Vamos fazer uma pergunta ainda mais intrigante: Quem deveria ser o responsável pelo planejamento urbano de uma cidade?

Percebe-se em muitas prefeituras a dificuldade em se definir os responsáveis pelo planejamento urbano, interferindo politicamente nas decisões ou se deixando influenciar pela especulação imobiliária.

O planejamento urbano é responsável pela visão de futuro que queremos de nossa cidade, ou seja, é pensar a cidade estrategicamente, permitindo um processo permanente de discussões e análises das questões urbanas junto à sociedade que é a parte interessada.

Qualquer planejamento tem como princípio as seguintes etapas: Diagnóstico, Prognóstico, Propostas e, por final, a Gestão Urbana. No primeiro item temos como atividade primeira a pesquisa de campo, que através de metodologia própria tem por objetivo a coleta de dados para, em seguida, se proceder a análise destes dados. Desta forma se encaminha para os demais tópicos até a finalização do plano de ação para a Gestão Urbana.

Durante o processo de discussão para elaboração ou adequação do planejamento, a sociedade organizada, os conselhos municipais e o legislativo têm papel predominante, para que o executivo seja municiado de informações que nortearão o seu papel na Gestão Urbana. Desta forma podemos dizer que temos um trabalho com legitimidade, pois o futuro de uma cidade pertence ao munícipe. O político, quando eleito, não recebe um cheque em branco que lhe dá o direito de fazer o seu gosto e desejo, ou se posicionar como o dono da verdade, como se a sociedade não tivesse competência para decidir a sua vontade enquanto cidadãos.

Um governo verdadeiramente democrático não interfere e não se choca ou se contraria diante das diversidades de opiniões. De forma profissional, administra e apóia o desenvolvimento das opiniões através de profissionais capacitados e munidos de metodologia apropriada.

Encerremos indicando três vídeos sobre Curitiba que sabe dar exemplo de cidade planejada:

http://www.youtube.com/watch?v=Nkr1RRITZTc

http://www.youtube.com/watch?v=5GDhZoGFexY&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=QoFR8r5sHKE

 

Vorneis de Lucia

Consultor em Gestão Estratégica










Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.