Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019

Vander Christian

Vander Christian é apaixonado pelo mundo da leitura e escrita. Autor dos romances KARINA, PASSADO E PRESENTE e DUAS VEZES PAMELA MONTEIRO.

Redes Sociais:





Últimos artigos

Ver todas as colunas

Profissões



Durante a semana, uma publicação de um amigo, me fez refletir sobre as muitas profissões existentes por aí. Será mesmo que demos o devido valor para elas? Será que valorizamos a nossa profissão? Quando paramos para pensar, a resposta é não. Se for para falar sem pensar, podemos dizer que sim, claro, imagina...

O meu amigo, manifestou revolta, por conta do comentário de um cliente, sobre o preço cobrado num serviço de foto e filmagem.

Valorizar o trabalho, é diferente de enfiar a faca, como dizem por aí. Muitas vezes, o preço cobrado, é uma forma de valorizar o seu profissionalismo.

Outro dia, ouvi uma mulher dizer para a colega na estação de trem:

— Eu lavo e cozinho, se precisar, trabalho no turno da noite também.

Rapidamente, comecei a pensar no tamanho da importância de uma empregada doméstica numa casa, onde todos trabalham fora. Deve ser desafiador, ter de organizar tudo, como se fosse na casa dela. Aí os donos chegam e encontram tudo no lugar, tudo arrumadinho... E reclamam de pagar o serviço, feito com tanto carinho.

A profissão está chegando ao fim. Não existe reconhecimento para a profissão de doméstica. Cada vez mais, as pessoas vão desistindo de trabalhar nas casas... Falta o devido valor...

Outro dia, ouvi uma pessoa dizer que o problema do trânsito, é a quantidade de ônibus. Para ela, os ônibus não deveriam existir. Já pensou, como seria sem o transporte coletivo? Ficamos doidos, a cidade vira um caos, quando os motoristas decidem fazer greves, que geralmente duram um dia apenas. Imagina, acabar com a profissão de milhões de pessoas? Como as outras pessoas iam fazer para ir trabalhar? Percebam que uma profissão puxa a outra... Todas elas têm o seu valor. É preciso que saibamos reconhecer isso.

— Esse goleiro não solta uma! Não falha nunca!

Coitado do goleiro, ele só está fazendo o seu trabalho. Desprezam os esportes, mas é trabalho, é profissão. Precisa ser valorizado.

Imagina, se não existissem os escritores? Nunca teríamos conhecido Harry Potter, O Senhor dos Anéis e tantos outros livros maravilhosos... Nem esta crônica existiria!

Então é isso, bata no peito e diga o que você faz! Diga que sente orgulho de exercer tal profissão. Diga o preço do seu serviço, se valorize! Não se esconda, deixe o anonimato de lado, afinal, já dizia os mais antigos: vergonha é roubar e não ter como carregar...

Apesar, que não falta muito para LADRÃO, se tornar uma das mais respeitadas profissões do mundo, uma vez que já estamos defendendo os ladrões e criticando a polícia dentro da nossa sociedade.

 

 

Artigos Anteriores:

Pequenas Luzes

Criadores de Selva 

Cara-de-Pau

Malandragem

Desconectados

Mistérios da Culinária

A Bienal do Livro

Confusão

 

 

 

 










Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.