Terça-Feira, 2 de Junho de 2020

Casamentos

>

Escolhendo o buffet para o casamento: Dicas e Sugestões!

Escolhendo o buffet para o casamento: Dicas e Sugestões!

Se você começou a preparar seu casamento agora, certamente está tendo um pouco de dificuldade para fechar alguns contratos, entre eles, o buffet, acertei? Isso é mais do que normal já que se trata de um dos contratos mais importantes em qualquer tipo de casamento. 

Mas escolher o buffet e o serviço ideal para o casamento não é tarefa fácil, as opções são muitas e por isso o investimento a ser feito sempre varia consideravelmente. Objetivando abordar as principais dúvidas que recebo das noivas, convidei a Di Branco, buffet super conceituado e com experiência de 14 anos no mercado, para responder algumas perguntas.

 

Tipos de Serviços:

Coquetel Volante: Pode ser servido sozinho ou abrindo o almoço ou jantar. O coquetel volante é servido pelos garçons que circulam entre os convidados oferecendo mini porções, empratados ou finger foods. A ideia é que as comidinhas servidas sejam de fácil manuseio e que dispensem o uso de talheres, já que os convidados irão comer em pé.

 

 
Serviço à americana: É o que chamamos de buffet. Neste serviço os convidados se servem em mesas previamente montadas. É uma forma mais informal e prática de serviço, pois dá ao convidado uma flexibilidade de se servir quando preferir.

Dentro deste conceito podem ser servidos além do tradicional almoço ou jantar, o famoso brunch, uma mistura de café da manhã (breakfast) com almoço (lunch). É um tipo de buffet servido em casamentos diurnos que oferece um mix de comidinhas encontradas tanto nos cafés da manhãs como em almoços. Alguns itens que não podem faltar em um bom brunch: frutas, iogurtes, ovos, pães variados, queijos, quiches, tortas e saladas. As sobremesas também já podem ficar servidas desde o início, uma vez que neste serviço não há uma ordem a ser seguida.

 

  

  

Serviço à francesa: É o serviço mais formal de todos. Nele os garçons servem os convidados que estão sentados a mesas já postas. Neste caso é necessário uma equipe maior de garçons e por este motivo o custo pode ser um pouco mais elevado.

 

Escolhendo o Buffet:

Agora que vocês já sabem os principais tipos de serviços disponíveis, partam para a segunda etapa, a escolha da empresa a ser contratada. Neste momento levem em consideração dois critérios essenciais:

  • Escolha uma empresa que ofereça degustação aberta, ou seja, aquela que oferece aos noivos a possibilidade de degustar seus pratos antes da contratação. Conhecer a qualidade e o sabor dos itens oferecidos pelos buffets é importantíssimo. A Di Branco oferece uma degustação personalizada para cada casal, oportunidade em que os noivos podem além de degustar as delícias tirar todas as dúvidas com a equipe da casa.
  • Observe a estrutura e os itens disponíveis. Antes de definir o buffet a ser contratado é importante que os noivos confiram a estrutura oferecida pela empresa. A Di Branco, por exemplo, oferece todos os itens essenciais para um bom serviço (mesas de vidro, cadeiras tiffany, talheres, taças, copos, garçons, maitrê, gerentes, supervisoras) e todas as bebidas frias (refrigerantes, suco, água com e sem gás e gelo).

As bebidas alcoólicas são de responsabilidade dos noivos, mas a buffet orienta quanto à quantidade necessária para cada tipo de bebida. A sugestão da casa é 01 caixa com 12 garrafas de whisky a cada 100 convidados e 02 caixas de espumante/champagne a cada 100 convidados.

 

Escolhendo o cardápio:

Algumas informações devem ser passadas para a empresa antes mesmo que a degustação seja realizada. Estes dados são importantes, pois poderão influenciar na escolha do cardápio:

  • Estilo da recepção: Defina o perfil do seu casamento, pois para cada perfil existe um cardápio ideal. Se você vai casar na praia, por exemplo, sugerimos um cardápio com coquetel volante recheado de frutos do mar, uma ilha americana repleta de gostosuras como lagosta, massa de bacalhau e casquinho de caranguejo e uma mesa de welcome drinks geladinhos e refrescantes para recepcionar os convidados.
  • Quantidade e estilo dos convidados: O cardápio para um evento íntimo pode ser mais caprichado e mais preciso, visto que com um número reduzido de pessoas os noivos conseguem saber melhor o que cada um gosta. Se, no entanto, sua recepção tiver um número grande de convidados, é importante diversificar o menu para agradar a todos.




Fonte: http://meudiad.com.br/escolhendo-o-buffet-para-o-casamento-dicas-e-sugestoes/

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.