Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019

12/4/2011 - Jundiaí - SP

Alunos da rede municipal aprendem de forma divertida que o trânsito é coisa séria




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

Dentre as inúmeras atividades pedagógicas desenvolvidas em sala de aula, cerca de 6 mil alunos da rede de ensino municipal de Jundiaí aprendem, também, uma disciplina muito importante: educação no trânsito. Esse trabalho está inserido no Projeto Escola Segura, que se desenvolve durante todo o ano sob coordenação da Secretaria de Transportes (Divisão de Educação e Estatísticas). Educar o motorista logo cedo é uma forma de reduzir os índices de acidentes na cidade e transformar as crianças em verdadeiros agentes multiplicadores.

Em Jundiaí a boa notícia na área de trânsito é que em 2010, segundo estatísticas da Setransp, o número de vítimas fatais envolvidas nos acidentes caiu em relação aos dois anos anteriores (37 óbitos em 2008, 39 em 2009 e 27 em 2010). Isso mostra que menos vidas se perderam no trânsito local, e que o trabalho de orientação e fiscalização desenvolvido no município vem surtindo resultados.



O secretário de Transportes, Roberto Salvador Scaringella, destaca que o maior fator de risco no trânsito é o comportamental e trabalhar bons conceitos de trânsito logo cedo, com as crianças, é o melhor momento, pois nesta fase a absorção destes conceitos e valores é mais fácil. “O desafio é o comportamental e a edução na área de trânsito é sempre necessária”, disse o secretário.


Nas escolas


O Projeto Escola Segura está envolvendo 16 Emebs e todas já receberam material didático específico para o trabalho com os alunos, incluindo um item inédito, o kit elétrico de trânsito, que possibilita a criação de um cenário, onde a criança pode treinar situações comuns nas ruas com a ajuda de placas de sinalização, faixa de pedestre, semáforo (que acende as luzes), veículos e muito mais. Ana Luiza Fontana Novo, diretora da Emeb Maria Aparecida de Souza Almeida Ramos, localizada no Jardim Califórnia, explica que o material permite que as crianças possam vivenciar as situações reais de trânsito. “Isso facilita muito o aprendizado”, confirmou.


A diretora ainda confirma que os resultados deste trabalho educativo são observados no comportamento dos alunos. “As crianças educam os pais, pois cobram uma atuação correta dos adultos”, avalia Ana Luiza. As professoras Débora Simone Megda Silveira e Luiza de Fátima Fontebasso Zomignani, responsáveis pela aula de trânsito na escola, confirmam que as crianças apresentam ótima absorção das informações. “Com certeza os alunos aprendem de forma lúdica”, disse Débora. “Eles ficam muito empolgados e querem participar”, disse Luiza.


Juliana Maia, responsável pela Divisão de Educação e Estatística da Setransp, disse que cada escola utiliza o kit dentro da sua própria proposta pedagógica. As atividades do Projeto Escola Segura serão desenvolvidas até o mês de novembro e, neste período, serão realizados entre outros eventos os concursos de redação e de desenhos. Os selecionados nos concursos serão premiados em setembro, durante a Semana Nacional do Trânsito. E no mês de dezembro os prêmios haverá premiação das escolas.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.