Sexta-Feira, 25 de Maio de 2018

7/2/2018 - Jundiaí - SP

Após um ano de pedido, Grendacc tem leitos de UTI credenciados




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

A região de Jundiaí recebeu uma boa notícia na segunda-feira (5). A portaria 125 publicada no Diário Oficial da União (DOU) credenciou três leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Grupo em Defesa da Criança com Câncer (Grendacc). Esta era a única pendência que impedia o hospital a ser habilitado pelo Ministério da Saúde como instituição oncológica infantil. A expectativa é de que em 30 dias, o pleito, que já dura um ano, seja encerrado. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa, na Sala de Situação, no Paço Municipal.

“O Hospital Grendacc recebeu o credenciamento após toda a construção técnica e política que foi realizada. Temos que agradecer a todos os envolvidos, que lutaram para conseguir o resultado, inclusive os técnicos do Ministério da Saúde, que tiveram a sensibilidade de emitir o credenciamento com a data retroativa, a 24 de janeiro de 2017. A mobilização popular também foi fundamental para a conquista”, comemora o prefeito Luiz Fernando Machado.

Para o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera, a habilitação foi a fase mais difícil a ser vencida. “Os leitos de UTI determinaram a única diligência apontada pelos técnicos, quando na visita, em junho do ano passado. Agora, com a solução desse impasse, espera-se que em 30 dias a habilitação do hospital para a rede oncológica seja concluída”, detalha. Texera lembra que a publicação com data retroativa, certifica que todo o processo realizado pela instituição juntamente com técnicos da administração municipal, estava correto.

“Essa conquista demonstra, claramente, que, quando trabalhamos juntos, o resultado é diferente, por maior que seja o desafio”, relembra o deputado federal, Miguel Haddad, que articulou encontros em Brasília entre os jundiaienses e representantes do Ministério da Saúde e até com o presidente Michel Temer.

Os encontros foram lembrados pela presidente do Grendacc, Verci Bútalo. “Quantas viagens para Brasília realizamos em busca desse reconhecimento. Mas o mais importante é que nenhuma criança ficou sem atendimento, mesmo com todas as dificuldades encontradas”, explica, emocionada.

Neste um ano, sem o credenciamento, os três leitos receberam 22 pacientes, em 33 internações em 107 dias de uso. Atualmente o déficit do Grendacc estimado para este ano é de R$ 4 milhões, sendo R$ 420 mil negativos por mês. Somente em empréstimo, a entidade acumula R$ 2,398 milhões.

Verba
Somente o Hospital do Grendacc deveria receber R$ 1,8 milhão por ano do Ministério da Saúde para o custeio do atendimento. Essa verba faz parte do Teto MAC devido à cidade, juntamente com os R$ 15,6 milhões referentes aos atendimentos em alta complexidade realizados pelo Hospital São Vicente de Paulo.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.