Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

14/10/2019 - Jundiaí - SP

Beco da Fepa é o novo cartão postal de Jundiaí




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

Pelas mãos de cerca de 60 artistas locais e da capital e com reconhecimento internacional, Jundiaí ganhou um novo cartão postal: o “Beco da Fepa” – inspirado no Beco do Batman de São Paulo. A intervenção artística no muro, com 140 metros de extensão e 3 metros de altura da empresa Solistica, ocorreu neste domingo (13), com a participação de crianças, jovens e adultos da comunidade.

O que era cinza rapidamente ganhou cores e vida. Em cada desenho, um pouco da história do Jardim Fepasa, onde moram cerca de 380 famílias e 1800 pessoas. A ação, que integra o projeto Fepasa Viva, foi articulada por meio da Rede Jundiaí de Cooperação, vinculada à Unidade de Gestão de Governo e Finanças (UGGF), com patrocínio do Tauste Social.

“Chegamos ao bairro por causa de uma questão específica e vimos que era preciso ampliar. Reunimos o poder público com o privado e a comunidade para dialogar. Foi feito um planejamento, iniciando com cursos, visando a empregabilidade. Continuamos o processo, chegando hoje ao Beco da Fepa, que é o sinal da transformação da comunidade. Um dos objetivos da gestão do prefeito Luiz Fernando é a mudança positiva da comunidade, partindo também das mãos dos moradores e contando com auxílio da iniciativa privada, juntamente com o Poder Público”, explica o gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi.

Apoiando a ideia desde o início, o coordenador do Tauste Social, Guilherme Cunha, destacou que esse é um grande passo que o bairro dá. “Nosso lema é: juntos podemos mudar uma história. O Jardim Fepasa estava precisando valorizar seus artistas e seus moradores. Estamos satisfeitos em ver o que está ocorrendo com nossos vizinhos.”

Satisfação
Em meio a tanta história, uma imagem que a cada pincela chamava a atenção era a de Tomé Zabelê, músico e líder comunitário que marcou a história do Jardim Fepasa. Um dos responsáveis pela homenagem, pedida pelos moradores, foi o artista Twilê Jorge. “Está sendo muito gratificante participar, deixar grafado o Tomé aqui. Muitas crianças ainda não sabem o que ele fez pela comunidade. Será a oportunidade de conhecer e valorizar sua trajetória. ”

Para o artista plástico Didu Losso, patrocinado pelo Tauste Social, a ação, mais do que deixar o espaço bonito, também promoveu a união. “A arte é capaz de promover união, amor e dignidade. Temos aqui artistas da capital e locais, de diversas modalidades, dando o seu melhor, dando vida, esperança e progresso para esse bairro. Estou feliz por participar dessa transformação.”

Jensen Silva, o Jen-Jay, do Coletivo The King´s, um dos responsáveis pelo projeto artístico, ficou igualmente satisfeito com o resultado. “É emocionante. Tudo começou com uma ideia. Agora, não tem quem não vai saber que aqui é o Beco da Fepa.”

Morando no bairro há 30 anos, Elisabete Ribeiro Santiago da Silva, fez questão de comentar sobre sua nova vista. “Vou sair de casa todos os dias e dar de cara com esse muro bonito. Gostei muito. A Fepasa ganha uma cara nova.”

Durante o evento, as crianças puderam se divertir com as atividades do programa Ruas do Brincar. “É a integração de todos e a arte sendo utilizada como ferramenta de transformação, neste dia especial”, comemorou o gestor de Cultura, Marcelo Peroni, que prestigiou a ação.

Fepasa Viva
O projeto Fepasa Viva foi lançado em agosto de 2018, com o objetivo de empoderar a comunidade do bairro. Todas as atividades desenvolvidas são articuladas por meio da Rede Jundiaí de Cooperação, sendo viabilizadas por parceiros, como o Sistema S (Sesi, Sesc, Senai, Senac e Sebrae), Fundo Social de Solidariedade, Unidades de Gestão da Prefeitura, Projeto Estudar, Proempi (Associação das Empresas e Profissionais do Setor Imobiliário de Jundiaí e Região) e Cijun (Companhia de Informática de Jundiaí). Além de dezenas de cursos, que impactaram mais de 200 famílias e registraram mais de R$ 200 mil de investimentos de parceiros, foi disponibilizada pela Cijun na região da Casa Verde e Casa Azul, a implantação de internet gratuita, o que custou R$ 58 mil.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.