Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2020

16/6/2011 - Jundiaí - SP

Bematech anuncia expansão de seu centro de desenvolvimento




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

A Bematech anunciou nesta quarta-feira (15) a ampliação do centro de desenvolvimento de software mantido pela empresa em Jundiaí desde janeiro deste ano. A informação foi passada ao prefeito Miguel Haddad e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ari Castro Nunes Filho, além do assessor da pasta Roberto Pellizzer durante encontro realizado no Paço Municipal. O prefeito Miguel Haddad se mostrou satisfeito com a escolha por Jundiaí da empresa líder no segmento de soluções em tecnologia para o comércio. "Os atributos da cidade tem sido determinantes no momento de as empresas decidirem onde investir", disse Haddad.

A empresa estava entre Jundiaí e Campinas para instalar o centro de desenvolvimento de software. A decisão por Jundiaí, além das facilidades de escoamento da produção, foi pautada pela possibilidade de reter mão de obra na cidade. "Queremos formar mão de obra e mantê-la na cidade, uma vez que observamos que um grande número de programadores e analistas moravam na cidade mas se deslocava diariamente à São Paulo para trabalhar", comentou o diretor da empresa, Fábio Matias.



Nos últimos quatro anos, a companhia adquiriu cinco empresas de software e vem investindo fortemente neste segmento. Em 2011, este setor continuará recebendo investimentos e, para desenvolver ainda mais esta unidade de negócios, a Bematech está ampliando o seu centro de desenvolvimento na cidade. “Já temos 150 funcionários. A expectativa é que de fechemos o ano com 200 colaboradores”, explicou Matias. 

Em Jundiaí, de acordo com o diretor, a Bematech quer trabalhar a mão de obra existente na cidade, desde trainee até o profissional sênior. “Estamos aumentando a capacidade do Centro de Desenvolvimento e concentrando serviços de outras unidades aqui. Jundiaí já está concentrando as atividades que antes eram desenvolvidas em Belo Horizonte e Ribeirão Preto. A próxima unidade a ser transferida para cá será a do Rio de Janeiro”, comentou Matias. “Vamos centralizar a área de software em Jundiaí e São Paulo”, adiantou.


Vagas

Programadores, analistas de sistema e suporte, engenheiros de produção e computação, contabilistas e administradores são os profissionais que a Bematech está de olho. “As vagas estão abertas, inclusive para estagiários: queremos formar mão de obra de acordo com as nossas necessidades e com o perfil da empresa”, destacou Matias.

Mais importante do que valores de investimento, a disposição da empresa em formar mão de obra qualificada é a grande notícia para a cidade. "Estamos à disposição para fazer parcerias para capacitação da mão de obra", adiantou o secretário Ari Castro. "Vamos nos reunir com o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) para estreitar esta parceria", destacou.


Parque Tecnológico

A Bematech atua em três grandes áreas: hardware, software e serviços e está presente, segundo seus diretores, em mais de 400 mil estabelecimentos espalhados por todo o país e tem mais de 200 clientes corporativos, como grandes redes de lanchonetes, hipermercados e perfumarias. “A tendência é, inclusive, desenvolver novos projetos aqui na cidade”, comentou o diretor Antenor Neto. Uma expectativa que vai ao encontro da proposta do Parque Tecnológico, que despertou o interesse nos empresários. “Ficamos muito interessados na proposta do Parque Tecnológico. ter a universidade, atuando em parceria com centros de pesquisa, é fundamental”, avaliou Neto.

A participação em centros de pesquisa faz parte da história da Bematech que iniciou seus trabalhos há 20 anos dentro de uma incubadora de empresas, na cidade de Curitiba. “A Bematech nasceu de um projeto de mestrado”, destacou. 


A Bematech anunciou investimento total para suas unidades de R$ 3 milhões em 2011 e R$ 5 milhões, para 2012. A receita da empresa em 2010 foi de R$ 326,4 milhões. Destes 17% foi da área de Software; 19%, em Serviços e, 64% na área de Hardware (que é desenvolvida em Curitiba e Taiwan). A empresa também comercializou 9.804 licenças em 2010.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.