Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020

5/5/2011= - Jundiaí - SP

Centro de Estudos encerra primeiro ciclo de aulas e abre inscrições para novos alunos




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

Em 2011 o Teatro Polytheama completa 100 anos de existência e, além da programação repleta de espetáculos de teatro, dança e música oferecidos gratuitamente à população, o centenário também é marcado pelo início da formação de artistas de Jundiaí, com o Corpo Estável de Teatro, Dança, Orquestra Municipal e o Centro de Estudos de Teatro, que oferece gratuitamente aulas para crianças, jovens e adultos.

O Centro de Estudos é um projeto que iniciou na época em que o Polytheama foi reinaugurado, após ficar 30 anos com suas cortinas fechadas. O projeto desenvolvido pela então Coordenadoria de Cultura previa ainda a ampliação do prédio e a Escola de Teatro, que tem sua semente implantada com o Centro de Estudos Polytheama, um projeto da Secretaria de Cultura dividido em dois eixos as oficinas e o corpo estável.



O objetivo é oferecer acesso à cultura, por meio do estímulo à criação artística, democratização das condições de produção, oferta da formação e também revelar talentos na área teatral.


O Centro de Estudos é o primeiro passo para a implantação da Escola do Teatro Polytheama, que será instalada após a ampliação do prédio e construção do anexo com salas de ensaio. As oficinas são voltadas para crianças, jovens e adultos jundiaienses. O corpo docente é composto por profissionais qualificados e as aulas visam não somente a descoberta de novos talentos, mas também a informação e formação dos alunos”, explica a secretária de Cultura, Penha Camunhas Martins.


Em 2010, o Centro ofereceu 60 vagas, divididas em três turmas de diferentes faixas etárias. Em 2011 as aulas retornam no início de junho e vai atingir 120 alunos ao todo. Os interessados já podem fazer inscrição (instruções abaixo), na secretaria de Cultura.


Experiência


Divido em três turmas, com diferentes faixas etárias, o Centro de Estudos abrange desde crianças até adultos com 35 anos. As aulas são realizadas no próprio Polytheama e também na Sala Glória Rocha, as segundas e terças-feiras à noite.


A primeira turma participou de aulas com Ana Maria Barreto, Janaina Carrer, Guilherme Terra Hansen, além de workshops com atrizes como Rosi Campos, entre outros profissionais.


Carolina Abraão Pengo, de 11 anos, passou nos testes seletivos e frequentou as aulas do Centro de Estudos. “O curso é bem legal, pois tem jogos, brincadeiras e podemos interagir nas aulas, além de podermos fazer novas amizades”, comentou a garota que estava acompanhada da mãe, Andrea Lopes Abraão, que falou sobre a participação da filha no projeto da secretaria de Cultura. “Ela (Carolina) faz aulas de teatro no colégio onde estuda, mas sempre quisemos procurar alguma coisa mais profissional e não encontrávamos em Jundiaí. Essa iniciativa da prefeitura é muito importante e admirável, pois oferece um curso sério para os munícipes e, ainda por cima, gratuito, além de contar também com o Corpo Estável de Teatro, uma oportunidade para os alunos que têm o objetivo de se profissionalizar e ingressar uma carreira profissional”, afirmou Andrea.


Na turma adulta a satisfação também é o sentimento presente. Aos 31 anos o músico João Carlos de Luca comenta que vai continuar a frequentar aulas em junho, após o breve recesso. “Sou músico e estava habituado a participar de ensaios teatrais. Desde 2005 participo de uma peça com a Cia Paulista de Artes, mas sem pensar na possibilidade de atuar. Quando surgiu o Centro de Estudo decidi fazer o teste, mas confesso que não tinha muitas pretensões. Acabei por ser aprovado no teste seletivo e comecei a participar das aulas, que foram fantásticas e já percebi resultados positivos como músico. Na verdade posso afirmar que para mim, como artistas, o centro foi um presentão”, comentou.


Inscrições


Os interessados em fazer parte da nova turma do Centro de Estudos de Teatro do Polytheama podem se inscrever até o dia 9 de junho. São 60 vagas abertas para crianças, jovens e adultos, divididas em três turmas. Os candidatos passarão por teste seletivo e entrevistas em datas determinadas pela secretaria de cultura.


Para participar do curso, gratuito, é preciso possuir vínculo com Jundiaí, de domicílio ou residência, com frequência regular comprovada pelos estabelecimentos de ensino que frequentam. Interessados que não sejam estudantes deverão comprovar conclusão do 9º ano do Ensino Fundamental.


O regulamento e a ficha de inscrição podem ser obtidos no portal da prefeitura
www.jundiai.sp.gov.br ou diretamente na secretaria de Cultura, na Rua Barão de Jundiaí, 868, Centro, de segunda à sexta-feira, das 9 às 17 horas.

Junto com a ficha de inscrição os interessados devem entregar uma cópia do RG, comprovante de residência e uma declaração de matrícula e de frequência regular da instituição de ensino ou conclusão do 9º ano do Ensino Fundamental.


Os inscritos receberão comprovante com indicação do dia, horário e local do teste seletivo, que será realizado pelo Corpo Docente do Centro de Estudos.


No teste seletivo será avaliada a percepção corporal e vocal; improvisação com atividades propostas n



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.