Sábado, 28 de Novembro de 2020

3/11/2011 - Jundiaí - SP

Ciclovia é a nova atração de lazer da cidade




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

A nova atração do Jardim Botânico, que completa hoje 20 dias de funcionamento, já caiu no gosto dos visitantes. A ciclovia interliga a área verde com o Parque da Cidade e oferece, ainda, uma nova forma de lazer para a população. Com 7 km (contando a já existente no Parque da Cidade), o espaço conta com quatro tipos de pisos: paralelepípedos no início do Jardim Botânico; asfalto na descida ao lado da ferrovia; saibro, na área ambiental e de concreto usinado, no Parque da Cidade.

Felipe Rampazzo, de 26 anos, começou a pedalar há dois meses, por incentivo dos amigos. De lá pra cá, a paixão pelo esporte só tem crescido, contribuindo com sua qualidade de vida. “Não imaginava que seria tão divertido. Também me sinto mais disposto no meus dia a dia”. Ele, que frequenta a ciclovia desde a sua inauguração, em 12 de outubro, comenta que curte mais o trecho em terra. “É mais adrenalina”, definiu o universitário.


Já Flávio Gonçalves Marinato e o filho Kaique, de apenas sete anos, estiveram no local pela primeira vez. O resultado do passeio, segundo o metalúrgico, é a convicção do retorno em outras ocasiões de lazer. “Adoramos aqui. O Jardim Botânico é muito bonito, bem conservado e gostoso para relaxar. A ciclovia vem como outra opção de diversão e, principalmente, incentivo a pratica do esporte. Certamente, voltaremos com frequência”.

O local tem atraído, também, a presença de pessoas adeptas da caminhada. Silvana Isidoro, a mãe Rosa e o marido, Alexsandro Menezes Santos, aproveitaram a sombra das árvores para caminhar. Grávida de cinco meses, Silvana visitou o espaço pela primeira vez e já pensa como será após o nascimento do bebê: “A bike vai ter que esperar um pouquinho e hoje aproveito para me exercitar caminhando, mas, quando o meu filho nascer e estiver maior, queremos trazê-lo na cadeirinha e, futuramente, em sua própria bicicleta”.

De acordo com a médica veterinária sanitarista Vânia de Fátima Plaza Nunes, diretora do Jardim Botânico, cerca de 200 pessoas passam, diariamente, pelo local. “As pessoas frequentam mais logo pela manhã e, também, no fim do dia, quando o sol está mais baixo”. Mesmo sendo uma atração que interliga as duas áreas de lazer, Vânia reforça que os portões do Botânico são fechados às 18 horas.

Como forma de educação

Além de apreciar belas paisagens e conhecer diferentes espécies vegetais, o visitante pode desfrutar de jardim temático, trilhas, lagos e cachoeiras, entre outros atrativos. O local também desenvolve ações com ênfase em educação ambiental, voltadas para os alunos da rede pública e privada, além de entidades e grupos interessados. As ações contemplam visitas monitoradas, previamente agendadas, e incluem passeios por trilhas e os principais pontos do Botânico. Os interessados em conhecer melhor o trabalho desenvolvido no local precisam entrar em contato com a administração, pelo telefone (11) 4582-2468.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.