Domingo, 5 de Julho de 2020

4/5/2011= - Jundiaí - SP

Cultura apresenta os bailarinos do Corpo Estável de Dança




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

Após passar por teste de seleção que incluiu prática e entrevistas, dos 17 bailarinos inscritos, sete foram selecionados e farão parte do Corpo Estável de Dança do Polytheama, no ano em que o teatro completa seu centenário. Os selecionados assinaram nesta terça-feira (3) os contratos com a secretaria de cultura e iniciam, no dia 16 de maio, o trabalho coordenado por Miriam Druwe. A primeira apresentação está marcada para dezembro e faz parte das comemorações do centenário do Polytheama.

Arthur Gonçalves Sai, Danilo Alexandre Block Santos, Felipe Guimarães de Modolo Sacon, Gabriela Bittencourt Leite, Lucas dos Santos Lima, Maria Anita Grossi Giuponni, Raquel Tumolo Leopoldino e para standying by Beatriz Miranda Portugal de Barros e Natalie Mirabelli Toledo são os bailarinos do Corpo Estável de Dança do Teatro Polytheama.



A secretária de Cultura, Penha Camunhas falou sobre a importância de mais um corpo estável para a cidade. “Passamos por todas as etapas, desde os testes até a parte burocrática, agora é iniciar o trabalho. Estamos felizes, pois Jundiaí já conta com o Corpo Estável de Teatro e agora, no ano do centenário do Polytheama, ganha também o de dança e a orquestra municipal, que apesar de pequena é o início de um grande projeto. Visamos levar não só o público para o teatro, mas também os artistas, incentivar as produções e os profissionais da área cultural. No ano em que o Polytheama completa 100 anos queremos ampliar o seu papel social”, afirmou.

Os bailarinos participarão de ensaios as segundas e terças-feiras, das 9 às 13 horas e, às quintas-feiras, das 17h30 às 21 horas. Cada selecionado receberá uma remuneração no valor de R$ 10 mil, sujeita a descontos legais, divididas em 10 parcelas de R$ 825 e sete subsequentes de R$ 250. Já para a função de stadying by a remuneração será de R$ 5 mil, divididos em 10 parcelas de R$ 412 e sete subseqüentes de R$ 125.


A temporada prevista para a atuação dos bailarinos será de 17 meses, contando apresentação na programação das comemorações do centenário do Teatro Polytheama.


O bailarino Danilo Block é professor e coreógrafo e participa pela primeira vez de uma companhia de dança. “A expectativa é aprender e crescer cada vez mais profissionalmente. Sei que será um trabalho diferente do que realizo hoje. O Corpo Estável vai proporcionar uma nova visão sobre a dança. Será muito importante para a minha carreira profissional”, comentou.


Miriam Druwe


O Corpo Estável de Dança terá à frente a coordenadora da Cia Druw, Miriam Druwe. Com formação clássica e moderna, já integrou as principais companhias profissionais de dança de São Paulo como Balé Ópera Paulista, Balé da Cidade de São Paulo, Cisne Negro, República da Dança, Cia Terceira Dança. Em 1993, foi premiada como melhor bailarina pela Associação Paulista dos Críticos de Arte.


A diretora explica que inicialmente vai conhecer e preparar os bailarinos. “O objetivo não é fazer com que eles (bailarinos) apenas interpretem, mas que se transformem em intérpretes criadores. O bailarino é a própria arte, não existe um espetáculo de dança sem bailarinos”, contou Miriam.


Ela também falou sobre a importância da criação do Corpo Estável para a cidade. “É simplesmente bárbaro, pois incentiva a profissionalização dos bailarinos e oferece uma oportunidade a mais de trabalho. O público também ganha, afinal o corpo representa a estabilidade de novas montagens”, comentou a diretora.


Bailarinos

Arthur Gonçalves Sai - Arthur Sai

Nascido em Jundiaí/SP, é professor de técnica de ballet clássico e bailarino profissional. Iniciou sua formação no Studio de Dança Cíntia Ladeira, em 1993. Participou de diversos festivais, com destaque para o Festival de Joinville, Encontro Nacional de Dança e New Fest Dance de Campos do Jordão. Como bailarino convidado, participou da Cia de Dança Dans La Danse, Viva Ballet, Cia Dance 2000 do Seminário Internacional de Dança de Brasília. Foi também convidado para integrar a Cia do Ballet Estável da Wien Staatsoper (Viena - Áustria).

Danilo Alexandre Block Santos - Danilo Block

Nascido em São Carlos/SP, é professor, coreógrafo e assistente de direção da Escola de Ballet DAC - Dança e Aperfeiçoamento Corporal (Jundiaí). Iniciou seus estudos em Ballet Clássico no ano de 2000, teve como maitre Alicia Alonso, Sérgio Bruno, Laura Alonso, entre outros. Participou de diversas competições nacionais e internacionais, destacando: Festival de Dança de Joinville, New Fest Dance Campos do Jordão, IV Encuentro Latino Americano de Coreógrafos Buenos Aires - Argentina, Festival de Danças do Mercosul da Argentina. Foi premiado como melhor bailarino do Festival New Fest Dance e no Festival IV na Dança.

Felipe Guimarães De Modolo Sacon - Felipe Sacon

Nascido em Jundiaí/SP, iniciou seus estudos de ballet em 1993, com Eliana Brega na Escola de Ballet "La Ballerina", onde permaneceu até 1996, participando de todas as apresentações de seu Corpo de Baile. Aos 16 anos, com apenas um ano de estudos, tornou-se revelação juvenil ao ganhar o prêmio especial de "Melhor Bailarino" por seu desempenho na coreografi



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.