Domingo, 25 de Outubro de 2020

30/5/2011 - Jundiaí - SP

EcoJundiaí 2011 - "Gestão Ambiental Municipal" é tema de palestra




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

A diretora de Planejamento e Meio Ambiente da Prefeitura de Jundiaí , Renata Freire, esteve na manhã desta segunda-feira, na classe do segundo ano dos alunos de Medicina da Faculdade de Medicina de Jundiaí, para falar sobre “Gestão Ambiental Municipal”. A palestra faz parte da programação da EcoJundiaí 2011 e consta no currículo do semestre da disciplina “Saúde Ambiental”, ministrada pelo professor Trad.

Renata abordou as ações desenvolvidas pela Secretaria na preservação ambiental, lembrando que Jundiaí é uma cidade APA – Área de Proteção Ambiental – e é importante o trabalho desenvolvido, principalmente na Serra do Japi. Uma das ações desenvolvidas é a Zona de Vida Silvestre, destinada à proteção da Mata Atlântica e de Biota Nativa. Renata explica que a ação está ligada à troca de áreas adquiridas por empresas e que fazem desmatamento em uma área para sua construção. Segundo ela, a empresa precisa dobrar, em ações de plantio de árvores ou jardins, em qualquer área da cidade. “Se uma empresa constrói um prédio de cinco mil metros quadrados vai precisar desenvolver, junto à Prefeitura, ações de reflorestamento de dez mil metros quadrados.

Dentro da Gestão Ambiental, Renata lembrou que Jundiaí é uma das poucas cidades do país que trata o esgoto do rio Jundiaí e que a cidade está em primeiro lugar entre as que têm mais de 300 mil habitantes, em saneamento básico.

A abordagem sobre a Serra do Japi chamou a atenção dos alunos. A diretora lembrou que o território de gestão da Serra do Japi ocupa 1/3 da área do município, contando detalhes do tombamento ocorrido em 1983 e sobre como são controladas as áreas particulares nesta região, já que existem restrições sobre loteamentos. Os cuidados, durante o versão, provocaram a criação do projeto “De Olho na Serra” que envolveu secretarias, Divisão Florestal, Polícia Civil, Militar e o Corpo de Bombeiros, sempre com o objetivo de controlar acessos a áreas preservadas. Agora, durante o período de estiagem, a ação continua, com um foco diferente: orientações para os riscos de queimadas.

Dentro da programação da EcoJundiaí 2011, Renata Freire informou que nesta sexta-feira, dia 3, será assinado o Consórcio Intermunicipal da Serra do Japi entre Jundiaí, Cabreúva e Cajamar e uma das intenções é a realização de ações integradas, visando a preservação do local. “Cada cidade, hoje, gerencia suas ações de uma maneira, com o consórcio, a ação se unifica e isso ajuda a aumentar a preservação da serra.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.