Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020

8/6/2011= - Jundiaí - SP

Em QRV, sempre à disposição, Guarda Comunitário - Anjos da Guarda apresenta resultado de ações




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

O balanço é positivo, a receptividade por parte da população, maior ainda. Desde fevereiro deste ano, quando o prefeito Miguel Haddad - acompanhado do comandante da Guarda Municipal de Jundiaí, Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel (Jacó) - anunciou a volta do Programa Anjos da Guarda, instituído por ele durante o seu mandato em 1997 e agora integrado à nova filosofia de trabalho desenvolvida pela instituição, o Guarda Comunitário – Anjos da Guarda vem desenvolvendo ações no sentido de coibir a violência, visando dessa forma minimizar a criminalidade, avançando nos bairros graças a um trabalho sério, pontual e bem estruturado.

Coordenado pelo inspetor Claudio Ferigato - com a orientação do comandante Jacó e o subcomandante João Massarenti Netto -, o programa chega aos bairros com o apoio das equipes do Canil – utilizando animais adestrados para detecção de entorpecente -; Secretaria Municipal de Transportes para a fiscalização do trânsito e também a Polícia Civil. A partir do que foi apurado, inicialmente no bairro Santa Gertrudes, foi realizada uma programação antecedendo as ações junto aos segmentos envolvidos, tendo como objetivo primordial reforçar o quanto os setores estão empenhados na intervenção junto às questões que visam garantir a segurança e o bem-estar da comunidade. Esta programação compreendeu primeiramente a fase de orientação aos moradores e, na sequência, a abordagem em áreas de risco previamente mapeadas, sendo as mesmas identificadas como ponto de tráfico de entorpecente e também no entorno de unidades educacionais, frequentado por pessoas desocupadas, suspeitos, causadores de perturbação ao sossego público.


Menores foram surpreendidos após terem feito uso de substância entorpecente, sendo custodiados e entregues aos pais e/ou responsáveis para que fossem tomadas as devidas providências. No Santa Gertrudes, as expectativas decorrentes das ações foram alcançadas em todos os aspectos, sendo possível diagnosticar a necessidade de uma nova intervenção dessa feita com demais órgãos de fiscalização.

Resultado final: 90 pessoas abordadas; 82 pesquisas de antecedentes criminais; 33 autuações elaboradas por agentes de trânsito; 76 pesquisas de placas de veículos; 27 motocicletas e 48 veículos abordados; duas averiguações em comércio; apreensão de entorpecentes – 24 pinos de cocaína; 23 pinos de crack; um indivíduo preso em flagrante (tráfico de entorpecente); dois menores custodiados e entregues aos pais.

Mais ações: dessa vez, nos bairros do Jundiaí-Mirim e Caxambu

A blitz seguiu os moldes da programação anterior, ocorrendo durante três dias consecutivos, nas primeiras horas do dia até o início da noite, com a participação efetiva do Canil, Setransp e o reforço das equipes do 3º Distrito Policial – circunscrição da referida área – onde foram feitas inúmeras diligências, num controle rigoroso sobre os objetivos, buscando resultados imediatos, uma vez que a região é considerada uma das mais preocupantes em relação ao tráfico de entorpecente.

Resultado final: 140 pessoas abordadas; 73 pesquisas de antecedentes criminais; 43 autuações elaboradas por agentes de trânsito; 35 pesquisas de placas de veículos; 74 motocicletas e 81 veículos abordados; 20 averiguações em estabelecimentos comerciais; apreensão de entorpecentes – 21 pinos de cocaína; 18 porções de maconha; um menor custodiado e entregue aos pais; uma pessoa detida por contravenção; uma motocicleta apreendida e recolhida; um indivíduo procurado e recapturado.

No Eloy Chaves

No reforço às equipes Guarda Comunitário – Anjos da Guarda estiveram as equipes do Canil e Fiscalização de Trânsito; a autoridade policial do 5º Distrito Policial tomou ciência da ação, colocando-se à disposição e acionada de imediato. Priorizou-se dessa forma as intervenções junto aos pontos considerados de venda e/ou consumo de entorpecente, bem como no entorno de unidades educacionais como a EE Profª Albertina Fortarel e a Praça das Mães. Além da fiscalização intensiva junto aos estabelecimentos comerciais que possam estar vendendo bebida alcoólica para adolescentes.

Resultado final: 108 pessoas abordadas; 49 pesquisas sobre antecedentes criminais; 32 autuações elaboradas por agentes de trânsito; 33 pesquisas de placas de veículos; 69 motocicletas e 36 veículos abordados; oito averiguações em comércio.

  • TAMANHO DA LETRA   - A / A+

  •  IMPRIMIR NOTÍCIA

  •  COMUNICAR ERRO



  • Comunicar erro nesta notícia

    Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


    Enviar esta notícia por email