Sexta-Feira, 5 de Junho de 2020

22/4/2020 - Jundiaí - SP

Encontros online compartilham experiências na área da Cultura




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

Quais as dificuldades do setor cultural em Jundiaí, em tempos de pandemia, o que a administração municipal está fazendo para enfrenta-las? Estas e outras questões foram debatidas em reuniões online nesta segunda (20), com artistas de várias áreas, tendo à frente o gestor de Cultura, Marcelo Peroni. “Nossa intenção foi ouvi-los para saber como estão nesse período, quais as maiores dificuldades e apresentar algumas das coisas que já estamos fazendo na área para o enfrentamento dessa situação de crise”, explica o gestor.

Participaram das reuniões membros do Conselho Municipal de Política Cultural, artistas independentes e grupos. Na manhã desta segunda, foram ouvidos representantes das áreas de literatura e teatro e, à tarde, os da área de música.

Cada reunião tem um limite de 15 participantes. Mais reuniões, com outros segmentos, serão realizadas ao longo da semana, todas com o número de vagas de participantes esgotadas. “Semana passada já havíamos realizado uma reunião com empreendedores da cultura, inclusive escolas. Ouvir os diversos segmentos é importante para que possamos estruturar políticas consistentes e que tenham resultados”, diz. “Se houver necessidade abriremos reuniões para outros participantes”.

Ações

A primeira providência tomada foi a dar continuidade aos contratos estabelecidos com artistas e demais profissionais criativos que já tinham compromissos firmados para o ano de 2020, de modo que todos tivessem a garantia de seus recebimentos nesse período. “Dessa forma garantimos que  70 profissionais mantivessem sua atuação, ainda que de maneira alternativa, por meio de plataformas digitais ou através de conteúdos disponibilizados à população via redes sociais e site da Unidade de Gestão de Cultura, mantendo-os atuantes e com garantias de recebimento até o final de seus contratos”, explica Marcelo Peroni. “Esses artistas são profissionais que atuam nos Corpos Artísticos – Cia de Teatro, Cia Jovem de Dança, Corais Municipais e Orquestra Municipal de Jundiaí) e ainda prestadores de serviço”.

Também foram mantidos os contratos dos 18 “oficineiros” que estão produzindo os conteúdos do #fiqueemcasa da Cultura: https://cultura.jundiai.sp.gov.br/fiqueemcasa-da-cultura/

Já o edital da III Expoartes, voltado para artistas visuais, que havia sido suspenso – pois as inscrições deveriam ser presenciais – foi revisto após a pandemia e republicado no dia 17 de abril, com novos prazos e com inscrições online, possibilitando que a ação seja retomada. “Estamos pensando em ações para atender os artistas e enfrentarmos juntos esse período desafiador pelo qual passamos”, diz o gestor.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.