Domingo, 17 de Janeiro de 2021

6/9/2011= - Jundiaí - SP

Feirantes têm até o dia 26 para fazer aferição da balança




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

Cerca de cinco minutos. É este o tempo que os técnicos do IPEM (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo) estão levando para aferir cada balança, a partir desta segunda-feira (5) no Parque Municipal Comendador Antonio Carbonari, local onde os feirantes de Jundiaí devem comparecer, até o dia 26, para fazer a vistoria anual. Neste ano serão quatro datas – além do dia 5, também os dias 12, 19 e 26 de setembro – prazo que o secretário de agricultura e Abastecimento de Jundiaí, Jorge Yatim, considera suficiente para aferir as cerca de 300 balanças utilizadas pelos feirantes. “São 132 feirantes e 146 varejistas, mas nem todos trabalham com balança”, comentou o secretário, que esteve no Parque Municipal para acompanhar o início dos trabalhos.

O IPEM é uma autarquia vinculada à Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania e todos os anos reserva um período para atender aos feirantes. Mas a atuação na cidade acontece durante todo o ano, pois o trabalho de aferição compreende, além de balanças utilizadas pelo comércio, bombas de combustíveis, radares e até medidores de pressão. Josias Barbosa, um dos fiscais do IPEM, explica que as datas escolhidas são segundas-feiras, por ser o dia em que os feirantes não trabalham. “Quatro dias são suficientes, até porque, não é um processo demorado”, explica. Contudo, para retirar o equipamento após a aferição, o proprietário deve, primeiro, pagar a taxa estadual, que fica entre R$ 67 e R$ 87, dependendo do tipo de balança.

O feirante Irineu Savietto, que atua há pouco mais de dez anos na feira-livre, disse que costuma levar sua balança logo na primeira data, para ficar em dia com as obrigações. Para ele, é importante estar regularizado, porque o freguês não gosta de ter problemas. “Quem trabalha com legumes e cereais precisa ter a baalança em ordem”, comenta.

O trabalho será desenvolvido nos dias próximos dias 12, 19 e 26 de setembro, das 9h30 às 11h30 e das 13h às 15h, no Parque Municipal Comendador Antonio Carbonari (entrada lateral). Durante a verificação, os técnicos do IPEM fazem um exame visual do equipamento, observam suas características, identificam o estado geral de conservação, marcas de verificação e selagem, bem como condições de instalação e operação, entre outros detalhes. O instrumento também passa por ensaios de medição e, se estiver de acordo com as especificações exigidas, recebe um lacre plástico que garante a inviolabilidade da balança.

No momento da aferição, os instrumentos deverão estar devidamente limpos, além de ser necessária a apresentação de comprovante de residência, cópia do CNPJ ou CPF e comprovante de pagamento da taxa metrológica.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2021, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.