Segunda-Feira, 18 de Dezembro de 2017

6/12/2017 - Jundiaí - SP

GM conclui a capacitação da segunda turma de vigias autônomos




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

Estar preparado para atuar no serviço de vigilância autônoma que compreende as ações de patrulhamento a pé ou motorizado, na prestação de serviços em contato direto com a comunidade, requer a capacitação constante daqueles que já se encontram em atividade e os que pretendem ingressar.

Sendo assim, a Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ) – por meio do Centro de Instrução, Formação e Aperfeiçoamento Técnico Profissional (Cifatp) da Divisão de Ensino da instituição, com a coordenação do seu responsável, o subinspetor Erich Streng Godoi – diversifica mais uma vez as suas propostas, realizando também o curso de capacitação para os profissionais que fazem parte da Associação dos Vigias Autônomos de Jundiaí e Região (Avajur), e que tem como presidente Olívio Lopes de Souza.

“A experiência junto aos profissionais de segurança possibilitou a reaproximação, o estreitamento das relações para que possamos continuar atuando em parceria. Reafirma as determinações do Plano de Governo do prefeito Luiz Fernando Machado para garantir a segurança da população jundiaiense, com o acompanhamento da Unidade de Gestão de Segurança Municipal (UGSM) e o comando da Corporação. Desempenhando suas funções específicas, Guarda Municipal e Associação dos Vigias Autônomos fortalecem dessa forma o trabalho em parceria, efetivam a credibilidade”, destacou o subinspetor.

Durante a última semana de outubro a primeira turma participou do curso; já a segunda finalizou esta semana, com a previsão de retorno para a conclusão das duas últimas turmas no final de janeiro de 2018, totalizando no término 260 vigias autônomos capacitados. No cronograma de atividades teóricas e práticas: postura profissional/credenciamento; políticas de segurança pública; legislação (Estatuto do Desarmamento); acionamento dos órgãos de segurança; uso progressivo da força/ UFP – a tecnologia não letal; a Central de Monitoramento Eletrônico de Câmeras – Olho Vivo e os procedimentos do sistema no auxílio ao combate da violência e criminalidade; as técnicas operacionais: uso da tonfa e algemas.

O próximo passo será o credenciamento dos mesmos junto à Polícia Civil, seguindo então as determinações finais para que assim possam atuar com maior efetividade.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email
Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2017, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.