Sábado, 24 de Outubro de 2020

20/5/2011 - Jundiaí - SP

Mais Emprego e Renda - Jundiaí gera 925 novos postos de trabalho em abril e supera 2010




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

Jundiaí fechou o mês de abril com a geração de 925 novos postos de trabalho. Os números refletem um aumento de 14,3% em relação ao mesmo período do ano anterior (809). No acumulado do ano, a cidade registra um saldo positivo de 3.774 pessoas com carteira de trabalho assinadas.

A geração de emprego, de acordo com o prefeito Miguel Haddad, sempre foi uma de suas principais preocupações. "O desenvolvimento econômico e social da cidade, sem abrir mão da preservação ambiental, tem estimulado a vinda de novas empresas, o que aquece o mercado de trabalho de uma forma geral. Por isso, estimulamos a qualificação da mão de obra, por meio de parcerias com instituições de ensino, como Fatec, Senais e Senac, além de universidades e colégios que oferecem cursos técnicos. As medidas são incentivos para que a oferta de empregos seja atendida por jundiaienses e moradores da região", disse o prefeito.

Serviços e Indústria de Transformação foram os setores que mais empregaram no mês de abril: 845 novos postos de trabalho gerados. Estes também são aqueles que mais empregaram no quadrimestre: 2.690 novos empregos. “Estes setores são os que mais movimentam a economia: o de serviços inclui leva em consideração a movimentação do comércio e nossa diversidade econômica no setor industrial é outro motivador para alcançarmos estes números”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ari Castro Nunes Filho.


Investimentos


O primeiro quadrimestre de 2011 fechou com números expressivos para a economia jundiaiense: R$ 103,9 milhões já foram anunciados em investimentos na cidade. Destes, R$ 15,9 milhões são de reinvestimentos e o restante, R$ 88 milhões, são de implantação de novas empresas.


Entre as novidades na cidade, o secretário de Desenvolvimento Econômico destacou a Horiba do Brasil, o CLA (Centro Logístico Anhanguera) e a Bematech. Na avaliação do Ari Castro, os números demonstram a força da economia local e que, mais que isso, refletem os investimentos que tornam a cidade competitiva e, consequentemente, atraem mais investimentos. “A qualidade da nossa mão de obra é outro fator que alavanca a vinda de novas empresas e geram emprego e renda para a cidade. Nestes primeiros meses, já recebemos a visita de várias empresas interessadas em investir na cidade e ampliar seus negócios”, analisou.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.