Sexta-Feira, 22 de Março de 2019

17/12/2018 - Jundiaí - SP

Olho Vivo: tecnologia e operacionalidade marcam os 12 anos de atividades




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

Inaugurada no dia 14 de dezembro de 2006 em comemoração ao aniversário de Jundiaí, a Central de Monitoramento Eletrônico de Câmeras – conhecida como Olho Vivo – é um setor da Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ) que faz parte do Centro de Controle Operacional (CCO), garantindo a segurança e a eficiência graças ao profissionalismo e a seriedade com que sua equipe especializada conduz diariamente as operações em tempo real.

Referência no Estado de São Paulo, e também no país, o Centro registra há mais de uma década, avanços significativos em operacionalidade, no atendimento direto às ocorrências registradas na cidade, visando o combate à violência e criminalidade, o que contribui para a diminuição dos índices criminais, inclusive em situações envolvendo o fluxo de trânsito, atuando também em apoio a este segmento.

“Seis anos após a sua inauguração, a Central de Monitoramento passou a integrar o CCO, ampliando dessa forma a sua atuação: isso porque as câmeras são ferramentas de alta tecnologia e definição – registrando um número significativo de ocorrências solucionadas a partir das imagens captadas e identificadas”, destacou o titular da Unidade de Gestão de Segurança Municipal (UGSM), Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel (Jacó).

O Olho Vivo recebe com frequência visitantes das muitas regiões do Estado de São Paulo e também do país, com o objetivo de conhecer o sistema, a sua estrutura e operacionalidade. Dentre as visitas ao setor, recentemente estiveram o secretário adjunto da Secretaria de Segurança e Defesa Civil (Sesdec) de Sorocaba, Luiz Ricardo Schimidt Ruiz, e o chefe da Divisão de Operações Especiais e Inteligência, Jorge Luís Júnior que declarou: “é a segunda vez que visitamos a Guarda Municipal de Jundiaí. O centro de operações é completo, com riquíssima qualidade no controle de informações. A cada visita que realizamos temos a possibilidade de adquirir e levar para Sorocaba a experiência de sucesso desta instituição, o seu empenho para avançar cada vez mais, inclusive com a cooperação técnica junto aos demais municípios da região.”

*14 de dezembro de 2006

A Central passa a funcionar inicialmente com 18 câmeras interligadas por fibra ótica, informando em tempo real sobre as condições de trânsito (inclusive nas vias intermunicipais), a rotina diária nos bairros e região central, com câmeras instaladas no Paço Municipal (interna e externamente), também em demais setores e nos pontos estratégicos, considerados mais críticos e/ou preocupantes. As câmeras de monitoramento são específicas para variados delitos, e também auxiliam no trabalho das polícias Civil e Militar: a integração efetiva-se durante o ano todo.

*12 anos depois

Num trabalho hoje mais amplo e complexo, a Central de Monitoramento Eletrônico de Câmeras conta com 85 câmeras em ação: 55 dome (rotação e zoom) e 30 fixas. Além do sistema OCR – a muralha virtual -, com 102 câmeras instaladas em 36 pontos específicos (ruas e avenidas), a alta tecnologia que permite muitas possibilidades em recursos, uma vez que o sistema inteligente faz a leitura em tempo real das placas dos veículos que possam estar em circulação em atitude suspeita ou acusem irregularidades (principalmente os envolvidos em atividades ilegais, como roubo e furto), ou mesmo os adulterados (dublês), auxiliando dessa forma na solução de muitos casos de furtos de veículos em Jundiaí e região.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.