Quarta-Feira, 16 de Outubro de 2019

12/9/2019 - Jundiaí - SP

PAIT de Jundiaí é referência para profissionais da região




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

Por ser referência no tratamento contra o vício no tabaco, Jundiaí sedia uma capacitação de dois dias sobre abordagem intensiva do fumante. O evento, aberto na manhã desta quarta-feira (11), na Escola de Gestão Pública, é realizado em parceria pelo Programa de Assistência Intensiva ao Tabagista (PAIT), da Prefeitura de Jundiaí, com o Centro de Referência em Álcool, Tabaco e outras Drogas (Cratod), vinculado à Secretaria de Estado da Saúde, e o Departamento Regional de Saúde (DRS VII).
O primeiro dia de palestras reuniu mais de 100 profissionais da área de saúde do município e de cidades integrantes da DRS VII, como Arthur Nogueira, Atibaia, Cabreúva, Hortolândia. “Esta é a primeira vez que recebemos essa capacitação, que tem por objetivo preparar as equipes para acolher o fumante. Quando a rede adere ao programa, ela tem que estar organizada”, destacou a diretora do Departamento de Planejamento, Gestão e Finanças da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Daniela Tafarelo Zito.

Toda formação é baseada no modelo multidisciplinar utilizado pelo município. O PAIT, que em agosto completou 12 anos, já atendeu cerca de 6 mil pessoas e registra índice de sucesso contra o uso do tabaco de 80%. Há grupos em Unidades Básicas de Saúde (UBSs), no Núcleo Integrado de Saúde (NIS) e no Complexo Argos.
“Temos um programa apaixonante. O feedback é sempre muito positivo. São pessoas que querem parar de fumar e precisam de ajuda. Nós ofertamos essa ajuda por meio de grupos de apoio, onde é feita a terapia cognitiva comportamental e, quando necessário, é ofertado o apoio medicamentoso. Além de moradores do município, estamos sendo procurados por pessoas de outras cidades, porque não tratamos a doença, tratamos o doente, olhando inclusive para a sua família”, ressaltou a enfermeira Josiane Cristina Ferrari, coordenadora municipal do PAIT.

Modelo
Para a enfermeira Joyce Daiane Freitas de Lima, de Itupeva, a capacitação foi importante. “Estamos em processo de descentralização do nosso programa, que era no CAPS (Centro de Atenção Psicossocial). É fundamental saber de que forma podemos implantar nas UBSs e como deve ser a capacitação da equipe. É bom conhecer o exemplo de Jundiaí. Fica mais fácil quando se tem um modelo bem sucedido”.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.