Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020

13/6/2011 - Jundiaí - SP

Poliomielite - Mais de 23 mil crianças devem ser vacinadas em Jundiaí




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

A 1ª fase da Campanha Nacional de Vacinação Infantil será realizada no sábado, dia 18 de junho. Em Jundiaí, a expectativa é de que 23.488 crianças sejam imunizadas contra a poliomielite (paralisia infantil). Este ano, junto com a vacina Sabin, contra poliomielite, disponível para todas as crianças menores de cinco anos de idade, haverá também vacinação contra o sarampo.

De acordo com a enfermeira da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Maria do Carmo Possidente, a vacina contra o sarampo será para crianças de 1 a 6 anos de idade. A expectativa é de vacinar 27.361 crianças. "Esta campanha estava programada para agosto, mas o MInistério da Saúde antecipou a vacinação em oito estados brasileiros, devido ao registro de casos em 2011", disse a enfermeira.



A vacinação será feita em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e unidades do Programa de Saúde da Família, das 8 às 17 horas. Haverá postos, ainda, na região rural do Caxambu, com atendimento no Centro Educacional da Cultura Italiana João Fumachi, das 8h15 às 10h15 e na Adega Fontebasso, na avenida Humberto Cereser, 7405, das 10h30 às 12 horas. A vacinação vai ocorrer também na EMEB Odila Richter, no Bom Jardim, das 13 às 15 horas, e no Parque de Corrupira, das 15h30 às 17 horas.


Brasil livre da poliomielite


A Campanha Nacional de Vacinação Infantil tem como principal objetivo manter o Brasil livre da poliomielite. A campanha é realizada há 32 anos e desde 1989 o País não registra casos da doença. Em 2010 foram notificados 1.291 casos de paralisia infantil no mundo e no primeiro trimestre de 2011 ocorreram 102 casos.


Quanto ao sarampo, Maria do Carmo explica que a Organização Mundial de Saúde (OMS) registrou intensa circulação do vírus da doença na Europa em 2011. Investigação epidemiológica indica a transmissão do vírus entre os países daquela região e também para outras regiões do mundo.


No momento são observados surtos da doença em 30 países da União Européia, contabilizando cerca de 6.500 casos nos primeiros meses de 2011. A França enfrenta o maior lusrto, com mais de 4.900 casos notificados entre janeiro e março de 2011. Este número é semelhante ao total de casos notificados naquele país durante todo o ano de 2010.


Após quatro anos sem registro de casos de sarampo, em 2010 o Brasil enfrentou surtos da doença em três estados: Pará (3 casos), Rio Grande do Sul (10 casos) e Paraíba (57 casos). Em 2011 foram notificados 9 casos, sendo um Campinas, um no Mato Grosso do Sul, dois no Rio Grande do Sul, quatro no Rio de Janeiro e um no Distrito Federal.


A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde para poliomielite e sarampo é de vacinar 95% de cada população alvo. A vacina Sabin, contra a poliomielite, deve ser administrada duas vezes ao ano. As crianças deverão receber a segunda dose na próxima fase, prevista para acontecer em agosto.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.