Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019

16/10/2019 - Jundiaí - SP

Por aluno surdocego, EMEB dá exemplo de inclusão




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

Gustavo Henrique Mariano Gonçalves é o único aluno surdocego matriculado na rede de Educação da Prefeitura de Jundiaí. Para atender as necessidades do garoto, o cotidiano da EMEB Antonio de Pádua Giaretta foi adequado, e, os resultados começaram a aparecer com a participação ativa do estudante nas aulas, o desenvolvimento de habilidades sociais e afetivas não somente na escola, quanto na família. Todo o trabalho desenvolvido se transformou em simpósio, que este ano chega a sua 3ª edição e será realizado no dia 26, no auditório da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ). Entre os eixos de desenvolvimento, aprendizagem e capacitação, incentivados pelo Programa Escola Inovadora, implementado na gestão do prefeito Luiz Fernando Machado, o atendimento às necessidades dos alunos com deficiência são trabalhados com planos pedagógicos individuais.

“Meu filho mudou e seu desenvolvimento é total. Ele chegou a passar por instituições especializadas em deficiências, mas foi na escola ele se desenvolveu. O Gustavo trabalha com as crianças em sala de aula e se sente seguro. Antes ele acreditava que tudo era ameaça, por isso era agressivo. Hoje ele pede contato, quer beijo e abraço. O atendimento oferecido pela Educação é fantástico”, comemora a mãe, Jéssica Mariano Gonçalves.

Desde 2017 ele conta com uma educadora intérprete que o orienta por meio de libras tátil, desenhada na palma da mão. A resposta é fantástica, tanto que os colegas estabelecem conversas com o Gustavo e se interessaram em aprender a língua de sinais”, explica a diretora da unidade, Adriana Menezes Tonholo.

Para a educadora intérprete Valdineia Aparecida do Nascimento,  inserir o aluno em sala de aula, participando das atividades junto com os demais, é a conquista de um sonho. “Tudo para ele era desconhecido. Fomos desenhando, a partir do desenvolvimento sensorial, um mundo para ele, com interação e incentivo a autonomia”, comenta. Na semana passada, a intérprete e Gustavo participaram das atividades festivas ao Dia da Criança, com direito a pular de um tobogã de 7 metros. “Avisei a mãe para comentar com ele sobre isso. A resposta foi em gargalhadas, mostrando a compreensão da informação”, completa.

Desde o início do ano, a professora da sala após avaliar as potencialidades do aluno com deficiência, elabora um documento que é chamado de Plano Pedagógico Individualizado, onde detalha os objetivos e estratégias do trabalho que será realizado com este aluno em sala de aula. Para a professora Tânia Garcia Fraga da Silveira, que atua com a turma do Gustavo, a participação do garoto em sala de aula criou oportunidades de conhecimento. “A inclusão é boa para todos. Percebemos que os colegas de sala passaram a respeitar as diferenças, ser mais tolerantes e produtivos” destaca.

Simpósio

Este será o terceiro ano que a EMEB Antonio de Pádua Giaretta realizará encontro para apresentar o assunto surdocegueira. Com o título ‘Surdocegueira, autismo e deficiências múltiplas’, o simpósio já está com as vagas lotadas, no dia 26, na FMJ.
Neste ano, além das apresentações de especialistas no assunto, Gustavo também estará presente, juntamente com uma convidada especial: Janine Pires Farias, estudante de Pedagogia da Universidade Estadual da Bahia, que tem a mesma deficiência que o jundiaiense. “Entender como foi a inserção no mundo será um ganho para todos nós que participamos da evolução do Gustavo e tantos outros estudantes da nossa rede. A Escola Inovadora é  palco de incentivo ao desenvolvimento de todos”, argumenta a gestora da Unidade de Gestão de Educação (UGE) Vasti Ferrari Marques.
O simpósio tem intenção de disseminar ou propagar informações relevantes sobre a surdo cegueira além de apresentar relatos de pessoas com surdo cegueira exitantes na vida em sociedade, desmistificando a ideia de incapacidade.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.