Terça-Feira, 2 de Junho de 2020

6/4/2020 - Jundiaí - SP

Prefeitura anuncia novas medidas contra a COVID-19 e corte de salários dos agentes




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

Em transmissão ao vivo pela internet (“live”) realizada na manhã deste sábado (4), no Paço Municipal, o prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, anunciou novas medidas de enfrentamento ao Coronavírus na cidade. Entre elas, estão a prorrogação da suspensão do funcionamento dos comércios não essenciais por no mínimo 10 dias, a redução de salários de agentes políticos e assessores (incluindo os vencimentos do prefeito, vice, secretários/gestores, diretores e assessores municipais) até dezembro de 2020 e a reorganização do calendário das escolas municipais.

“Dados científicos da Organização Mundial da Saúde (OMS), a evolução da epidemia no Brasil apresentada pelo Ministério da Saúde e o aumento do número de pessoas contaminadas no estado de São Paulo e em Jundiaí, que estão internadas nas UTIs dos hospitais municipais, foram analisados pelo Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC) de Jundiaí e acenderam o sinal de alerta. Não podemos recuar no isolamento social e na restrição dos comércios não essenciais. Precisamos conter o avanço da COVID-19 para preservar a saúde coletiva e não saturar nosso sistema de saúde”, disse Luiz Fernando.

Um dos números citados pelo prefeito que reforça a necessidade de prorrogação destas medidas é o de internações no Hospital São Vicente de Paulo de pacientes com problemas respiratórios graves. “De janeiro a abril de 2020, estes casos subiram 129%, na comparação com o mesmo período do ano passado. O fim do isolamento neste instante pode gerar uma segunda onda de contaminação, por isso temos que seguir na contenção do fluxo e da aglomeração de pessoas (isolamento social). Peço mais uma vez a compreensão e colaboração de todos e que as pessoas sigam em suas casas, saindo apenas em caso de necessidade”, emendou o prefeito de Jundiaí.

Luiz Fernando Machado fez a transmissão deste sábado, na Sala de Situação do Paço Municipal, que está sendo usada como centro de monitoramento da COVID-19. Ele estava acompanhado do presidente da Câmara Municipal, Faouaz Taha, e dos gestores José Antonio Parimoschi (Governo e Finanças), Tiago Texera (Promoção da Saúde), Vasti Ferrari Marques (Educação), Thiago Maia (Inovação e Relação com o Cidadão) e Gustavo Maryssael (Casa Civil).

A redução até o final do ano dos salários dos agentes políticos e assessores que ocupam cargos comissionados será proporcional, ou seja, o percentual será maior para os que têm vencimentos maiores. A economia aos cofres da Prefeitura prevista com esta medida é de cerca de R$ 5 milhões. Este valor será destinado ao enfrentamento da pandemia do Coronavírus. A medida de redução dos vencimentos será encaminhada, por meio de projeto de lei do Executivo, à Câmara Municipal no início da próxima semana.

O prefeito, vice-prefeito, gestores, gestores adjuntos e superintendentes de autarquias e fundações municipais terão redução de 30% nos salários. Já os diretores das unidades de gestão terão diminuição nos vencimentos de 20%. Assessores municipais comissionados das faixas salariais DAC-4 e DAC-5 terão redução salarial de 10% e 5%, respectivamente.

Educação
Outro ponto abordado pelo prefeito de Jundiaí foi a reorganização do calendário das escolas da rede municipal de ensino, que terá 182 dias letivos em 2020 e 910 horas pedagógicas. Os 38 mil alunos seguirão em isolamento social de 6 a 20 de abril, em casa, e poderão estudar a distância com todo suporte da Unidade de Gestão de Educação (UGE), através de sua plataforma digital.

As férias escolares de meio de ano, normalmente marcadas para julho, serão antecipadas para o período entre 22 de abril e 3 de maio. O objetivo da Prefeitura de Jundiaí é evitar aglomeração de pessoas justamente no pico da pandemia, previsto para abril, segundo o Ministério da Saúde. No segundo semestre de 2020, haverá um recesso escolar de 12 a 16 de outubro e o término das aulas ocorrerá em 22 de dezembro.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.