Terça-Feira, 28 de Setembro de 2021

29/6/2011 - Jundiaí - SP

Projeto Batuta faz sua primeira apresentação em conjunto com os músicos do Colégio Divino Salvador




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

A plateia estava lotada. Os músicos do Coral e da Orquestra Juvenil do Colégio Divino Salvador já estavam posicionados. Este foi o cenário encontrado pelos trinta alunos do Projeto "Batuta", desenvolvido pelo Fundo Social de Solidariedade (FUNSS), ao chegarem até o salão paroquial da igreja da Vila Arens, onde se apresentaram pela primeira vez. A parceria com os grupos musicais do colégio objetivou a integração dos alunos por meio da música e permitiu que as crianças do jardim Sorocabana, integrantes do "Batuta", pudessem entrar em contato com um orquestra já formada. 

Emocionada com a apresentação, a diretora do Fundo Social de Solidariedade, Maria Olívia Gonçalves, falou sobre a importancia da apresentação para o FUNSS e para os alunos do programa. "É muito significativo para o Fundo Social saber que, com apenas um mês e meio de aula, as crianças já puderam acompanhar uma orquestra formada. Essa foi uma oportunidade maravilhosa para as nossas crianças, que viram de perto os resultados que o futuro da música lhes proporcionarão", diz Maria Olívia. 


Com a Orquestra Juvenil, os alunos do Fundo Social tocaram o Pizzicato e na apresentação do coral da escola puderam entoar as notas da escala músical. " Eles se superaram. Todos mantiveram a postura de músico, cantaram as notas musicais de forma harmoniosa, ficaram concentrados durante as outras apresentações e, o mais importante, puderam sentir a música", conta Sandra Gebran, professora e regente do Projeto "Batuta".

O coral e a orquestra do Colégio Divino Salvador existe há 15 anos e periodicamente promove apresentações. Para a regente da orquestra, Claudia Queiroz, a iniciativa foi importante para ambos os alunos. " A troca realizada no encontro é sempre fundamental para o aprendizado. Os alunos do colégio ficaram orgulhosos em receber e ser exemplos para os que estão começando. É a experiência prática de que a música pode lhes trazer resultados incríveis", afirma a Claudia.

Com os olhos fixos na filha Jenifer, a mãe Zélia dos Santos, ficou encantada com a apresentação. "Não imaginava que um dia minha filha aprenderia a tocar um instrumento tão grande e difícil como o violoncelo. Tenho certeza de que essa foi a primeira de muitas apresentações", comenta a mãe.

Projeto "Batuta"

Desenvolvido há um mês e meio na sede do Fundo Social de Solidariedade, o Projeto busca formar e integrar as trinta crianças do Jardim Sorocabana por meio do ensino da música. Em parceria com a Secretaria de Transportes, Educação, Caixa Econômica Federal, Fundação Municipal de Ação Social ( FUMAS) e Panificadora Kely, o projeto busca formar com os alunos uma orquestra de cordas. Logo que integraram o projeto, cada aluno escolheu o instrumento de sua preferência, e já passaram a ter diariamente aulas com a professora Sandra Gebran. O transporte das crianças e o lanche no final da aula também são garantidos nos dias de aula. 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2021, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.