Quinta-Feira, 27 de Junho de 2019

17/12/2018 - Jundiaí - SP

Reproduções de imagens da história de Jundiaí ilustram pontilhão da Nove




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

Trabalho artístico intenso, com detalhes muito significativos para a cidade, que remetem às suas tradições conhecidas nacionalmente: dentre as várias propostas concretizadas pela Unidade de Gestão de Cultura (UGC) para celebrar os 363 anos de Jundiaí – transcorridos nesta sexta-feira (14) – as ações de grafitagem, com a reprodução de imagens que marcam o cenário da cidade de maneira muito especial, foram realizadas durante todo este final de semana no espaço do pontilhão da Avenida Nove de Julho, com a conclusão dos trabalhos prevista para este domingo (16).

Dentre os patrimônios materiais e imateriais retratados pelos artistas Insane, Estranho, Horácio, Esgoto, Imortal e Dario, estão o Teatro Polytheama, a uva, o bagre jundiá, o Paulista Futebol Clube – o Galo da Serra do Japi, o Refogado do Sandi, o Clube do Fusca, o Clube 28 de Setembro, e outras inúmeras imagens vibrantes que tão bem retratam a terra de Petronilha Antunes e Rafael de Oliveira.

O gestor de Cultura, Marcelo Peroni destaca a importância da arte feita a céu aberto, a manifestação democrática. “Uma ação muito especial, inclusive por se tratar do aniversário de Jundiaí: entendendo o grafite como uma arte efêmera, de tempos em tempos a mesma precisa ser renovada. Ao idealizarmos este novo painel, estamos aproximando a população da arte pública, urbana, que está nas ruas. O mural representa tudo isso, inclusive a imagem do peixe Jundiaí ao centro – ele que dá o nome à cidade – tem um significado todo especial porque após anos de processo para a despoluição o mesmo volta aos rios. Paralelamente à grafitagem, estamos promovendo brincadeiras para as crianças e shows musicais no espaço ao lado – o Bolsão da Nove – uma ação completa para que a comunidade se aproprie dos espaços públicos, inclusive os visitantes. A cidade é vida, é pulsante, e para que se torne cada vez mais segura e acolhedora é preciso que cada um de nós tenha a sua participação efetiva.”

Sobre arte e pela arte, Márcio Silva – o grafiteiro Insane, integrante do grupo FT.165 – declarou que sente orgulho de ser jundiaiense. “Durante a semana cada um de nós tem outras atividades profissionais, mas o gosto pela arte do desenho contagia, nos mantém unidos sempre com um projeto diferenciado para colocar em prática, especial como este que realizamos agora. Homenagear Jundiaí com a nossa arte representa uma grande satisfação: conhecemos a história desta cidade, o seu dia a dia, os avanços, nossa proposta é expressar e divulgar o que há de bom, passar para as gerações a partir de pinceladas que se transformam em grandes e valiosas imagens para a população.”

Paulistano adotou a cidade há três anos

Raphael Dantas Silva é técnico em Eletrônica e conta que veio da capital para morar e trabalhar em Jundiaí. “Fazendo a minha caminhada de final de semana e parando para observar os artistas trabalhando, fico admirado, tudo é muito diferente. As pessoas passam pela Avenida, sempre correndo, e na maioria das vezes não apreciam um trabalho como este. Aqui aprendo um pouco sobre a história de Jundiaí. Parabéns!”



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.