Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019

22/4/2019 - Jundiaí - SP

SAMU recebe 130 ligações por dia, nem todas exigem deslocamento de equipe




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Jundiaí, instalado na cidade há 13 anos e oito meses, recebe, por dia, cerca de 130 ligações pelo canal 192. O volume de atendimentos realizado pelas quatro viaturas de atendimento básico e uma viatura de suporte avançado supera a casa de 1,5 mil por mês. Para garantir a melhor oferta do serviço, é importante que a população identifique quais as ocorrências que fazem parte do atendimento do SAMU.

De acordo com o coordenador médico do SAMU Jundiaí, Mário Jorge Kodama, o serviço é direcionado para ocorrências de urgência e emergência. “Os protocolos de atendimento do SAMU são nacionais e o deslocamento das equipes acontece mediante a identificação pelo médico regulador. É a partir da ligação do solicitante, que deve passar todas as informações sobre a ocorrência, que é feita a análise da situação. A qualidade da informação é fundamental para que o médico regulador tenha subsídios para a avaliação e destinação do recurso adequado”, explica.

Segundo o coordenador médico, parcela das ligações são solucionadas a partir das orientações do médico regulador. Outro percentual, no entanto, se refere a trotes, que ainda persistem em ser realizados. “Das 130 ligações, 30 são de trotes ao serviço. E das demais, 50 se transformam em envio de equipamento e equipe, efetivamente”, argumenta.

Quando chamar o SAMU:

  •  Ocorrências de problemas cardiorrespiratórios;
  •  Intoxicação exógena e envenenamento;
  •  Queimaduras graves;
  •  Na ocorrência de maus tratos;
  •  Trabalhos de parto em que haja risco de morte da mãe ou do feto;
  •  Em tentativas de suicídio;
  •  Crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito;
  •  Quando houver acidentes/traumas com vítimas;
  •  Afogamentos;
  •  Choque elétrico;
  •  Acidentes com produtos perigosos;
  •  Suspeita de Infarto ou AVC (alteração súbita na fala, perda de força em um lado do corpo e desvio da comissura labial são os sintomas mais comuns);
  •  Agressão por arma de fogo ou arma branca;
  •  Soterramento, Desabamento;
  •  Crises Convulsivas;
  •  Transferência inter-hospitalar de doentes graves;
  •  Outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.


Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.