Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020

28/6/2011 - Jundiaí - SP

Secretaria apresenta medidas para reorganizar atendimento no São Vicente




da assessoria de imprensa da prefeitura de  Jundiaí

A secretária municipal de Saúde, Tânia Pupo, recebeu na manhã desta segunda-feira (27) a diretora do Departamento Regional de Saúde de Campinas (DRS-7), Iramaia Luvizotto Colaiacovo, para dar andamento às conversações referentes à reorganização do atendimento no Hospital de Caridade São Vicente de Paulo. A reunião, agendada há dias, teve o propósito de avaliar as medidas que poderão ser aplicadas em conjunto com municípios da região para reduzir a superlotação do hospital.

De acordo com a secretária, um estudo, providenciado a partir de reunião do prefeito Miguel Haddad com o secretário adjunto de Saúde do Estado, José Manoel de Camargo Teixeira, em março deste ano, identificou a existência de capacidade instalada subutilizada nos municípios da região para atendimentos de baixa e média complexidade.


O estudo foi feito por um grupo técnico que avaliou a capacidade instalada e utilizada de leitos na região. “Há municípios da região, exceto Itatiba e Jundiaí, que precisam utilizar melhor os leitos, além de ampliar a oferta dos mesmos ”, destacou a secretária, lembrando que Jundiaí já está tornando essa medida viável com a instalação do Hospital Regional, que será construído na cidade, a partir de parceria com o Governo de Estado e estará ofertando mais 138 leitos.

Para Iramaia, a melhor utilização de leitos na região vai desafogar o Hospital São Vicente, que atualmente têm 30% de seu atendimento prestado para moradores oriundos de outras cidades. “É necessário uma melhor regulação para que casos de baixa e média complexidade fiquem nos municípios de origem, o que vai favorecer a redução da demanda para o Hospital São Vicente de Paulo”, destacou a diretora.

Segundo ela, o diagnóstico traçado pelo grupo técnico já foi apresentado e aprovado pelo Colegiado Gestor Regional, composto de secretários regionais de saúde e representantes do governo de Estado, durante reunião realizada no dia 7 de junho. A estratégia também teve parecer favorável por parte de integrantes do Conselho Municipal de Saúde de Jundiaí, que irão apresentar a proposta para conselheiros da região.

O estudo apontou, ainda, a necessidade de financiamento complementar por parte do Governo de Estado para o atendimento regional. "Posteriormente, o Governo de Estado definirá o apoio técnico e o financiamento para a operacionalização da rede de atendimento regional", disse Iramaia, que está visitando municípios da região e analisando 'in loco' a estrutura de cada um.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.