Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019

5/6/2019 - Jundiaí - SP

SUS C.O.M. VC de Jundiaí é exemplo para cidade de Itapira




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

O Programa “SUS C.O.M. VC”, implantado pela Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) e Unidade de Gestão de Negócios Jurídicos e Cidadania (UGNJC) em 2017 e que acelerou o acesso dos usuários às medicações, juntamente com a redução no número de judicializações foi apresentado pelo Prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado e gestores, na tarde de terça-feira (04), para o prefeito e secretários de Itapira. O modelo desenvolvido em Jundiaí já foi premiado e motivo de trabalhos e apresentações em congressos estaduais e municipais, tendo nova agenda para apresentação nacional, nos dias 04 e 05 de julho, no XXXV Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde.

“Jundiaí conseguiu, a partir de ações internas, atender demandas medicamentosas da população de forma rápida, com as opções disponíveis nas relações municipais e estaduais, e ainda reduziu o número de judicializações. O resultado é trabalho de pactuações realizadas com os diversos setores envolvidos, não somente na esfera municipal como órgãos estaduais como Defensoria Pública e a Justiça”, comenta o prefeito de Jundiaí Luiz Fernando Machado.

O prefeito de Itapira, José Natalino Paganini, ficou impressionado com os resultados conquistados. “Tivemos salto de R$ 1,4 milhão, estimado no início do ano, para R$ 5,6 milhões, em menos de uma semana. Jundiaí é um exemplo de como tratar de maneira eficiente e com atendimento à população. A solução está dentro da própria casa, ou seja, é preciso evitar que a demanda chegue à judicialização para 75 mil habitantes”, argumenta.

De acordo com dados apresentados pelo gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) Tiago Texera, Jundiaí conseguiu reduzir o índice de judicialização da Saúde em 23% entre os anos de 2016 e 2017 e entre 2014 e 2018 esta redução atingiu a marca de 67,36%. No ano de 2018, o custo em compra de mandados judiciais foi fechado em R$ 12 milhões. No primeiro quadrimestre, deste ano foram empenhados R$ 4,4 milhões”, detalha.

A assessora da UGNJC e autora principal do projeto, Tarsila Costa do Amaral, em 2018 foram registradas 348 judicializações contra 567 em 2017. “É fundamental que se faça uma identificação das necessidades e quais as medicações que são alvo da judicialização e identificar as opções existentes no município e no Estado para o atendimento da demanda, com maior rapidez. A orientação ao paciente também é fundamental para o sucesso do trabalho”, explica.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.