Sábado, 21 de Setembro de 2019

9/9/2019 - Jundiaí - SP

Time Jundiaí de basquete tem boa atuação nos Jogos Infantis




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

Jundiaí, que sempre é lembrada por ter sido referência do Brasil quando o assunto é basquete feminino, vê sua relação com o esporte renascer. O Time Jundiaí, da Unidade de Gestão de Esporte e Lazer (UGEL), categoria sub 16, está com bom desempenho no 2º Jogos Infantis do Estado de São Paulo. A competição é promovida pelo governo paulista, através da Secretaria de Esportes. Neste domingo (8), durante o dia todo, teve rodada no Ginásio do Complexo Esportivo Dr. Nicolino de Luca, o Bolão.

“Este é um projeto que estamos tocando desde o ano passado. O Time Jundiaí reúne meninas que treinam nos nossos polos espalhados pela cidade. Este ano, estamos indo bem. Já começamos a colher resultados positivos. Em 2018, não tivemos nenhuma vitória. Entramos na fase regional dos Jogos Infantis, em busca de vaga para competir a fase final, em Dracena. Com os treinos e com os jogos, o grupo está crescendo e evoluindo. Nossas expectativas são cada vez melhores”, comemora o treinador Luiz Cláudio Tarallo.

A UGEL tem polos de iniciação de basquete para meninas com até 16 anos em lugares como Sesi, na Vila Hortolândia; Emeb Dr. José Romeiro Pereira (Geva), na Vila Progresso; Emeb Marcos Gasparian, no Centro; e no Bolão. Atualmente, 120 meninas treinam, três vezes por semana. Do grupo sai as jogadoras do Time Jundiaí, como é o caso da estudante Helena Marcolino Neder, moradora do Eloy Chaves.

“Eu jogo desde os 11 anos. Comecei no Clube Jundiaiense e fui para o Divino. Com o fim do patrocínio, comecei a treinar no Bolão. Hoje, sou ala no time”, conta a camisa 6.

Segundo ela, o grupo tem recebido muito apoio da Prefeitura de Jundiaí. “Desde o início, estamos sendo apoiadas. Tudo melhorou. Eu tenho, hoje, treinamento de alto rendimento. Isso tudo tem nos ajudado a trazer bons resultados, a crescer muito. O bom de ter “escolinha”, formando jogadoras em polos, é que a maioria das meninas fica 2, 3 anos e isso gera sintonia. Formamos realmente um time. A gente não se junta só para jogar”, destaca Helena, que acredita que o Time Jundiaí chega, em breve, nos jogos das federações de basquete. “Com certeza, vamos chegar lá. Anota aí.”

Torcida

A comerciante Beatriz Albiero, mãe da jogadora Laura, não perde um jogo quando as meninas estão na cidade. Ela também aposta que o Time Jundiaí ainda vai dar muito o que falar. “O começo foi difícil, mas elas estão melhorando dia a dia. Eu sempre estou acompanhando. O grupo está muito bem estruturado e entrosado. Tenho ótimas expectativas. Está nascendo uma nova geração para orgulho da cidade”, ressaltou.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.