Sábado, 6 de Junho de 2020

18/5/2020 - Jundiaí - SP

Transparência: Jundiaí cria plataforma inteligente para dados de COVID-19




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

O uso da tecnologia para aproximar a população da administração municipal é uma das metas da Prefeitura de Jundiaí e, com a pandemia do Novo Coronavírus, o uso das ferramentas digitais e de inteligência garantem a total transparência do cenário epidemiológico em Jundiaí. A partir de agora, além das informações já disponibilizadas no site da Prefeitura e no APP Jundiaí, os dados serão apresentados em mapas, com as indicações de regiões com a ocorrência da doença, além de outros dados que auxiliarão a tomada de decisões para a contenção da doença.

Desenvolvido pela Companhia de Informática Jundiaí (Cijun), o sistema de gestão por inteligência concentra todas as informações sobre o Novo Coronavírus na cidade e os transforma em mapas de análise. “As informações são a base para conseguir gestar uma situação. A pandemia, em que são poucas as informações de estudos disponíveis, garantir o mapeamento do cenário epidemiológico, de forma diária, podendo cruzar as informações com dados sobre isolamento, por exemplo, garante à administração a tomada de decisões precisas e medidas específicas para o combate à doença”, detalha o prefeito Luiz Fernando Machado.

O sistema de inteligência interpretará os dados brutos recebidos pelos órgãos municipais envolvidos no combate ao Sars-CoV-2 e disponibilizará para a população por meio da página “Coronavírus” e no APP Jundiaí. “Estamos na etapa de coleta, organização, monitoramento e tratamento dos dados. Essa tecnologia é suportada pela plataforma implementada para a gestão que possibilitará o cruzamento de informações e criação de modelos preditivos, por exemplo, do avanço da doença”, detalha o presidente da Cijun, Amauri Marquezi.

Uma das informações que poucas cidades dispõem e que passa a ser disponível para quem acessar os canais da Prefeitura de Jundiaí é o mapeamento de calor. Agora, as pessoas poderão consultar quais são os bairros com maior ocorrência de casos. Essas informações são tratadas pelas legislações que regem o cuidado com os bancos de dados e o sigilo médico. O ponto de identificação da quantidade de casos está determinado pela longitude e latitude que determina o centro de cada bairro.

Para o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera, o avanço no sistema de inteligência faz parte das ações do Comitê de Enfrentamento ao Coronavíus (CEC), que inclui também a aplicação do Inquérito Epidemiológico. “Com o sistema de inteligência, os dados identificados com a aplicação dos 20 mil testes rápidos farão a composição da avaliação da população. Alcançamos a taxa de testagem de 47 pessoas a cada 1 mil habitantes, que é acima da registra na Alemanha, que realiza 25 testes a cada 1 mil habitantes”, explica.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.