Sábado, 21 de Setembro de 2019

12/11/2013 - Jundiaí - SP

Virada Negra vai começar pela Câmara Municipal




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

Uma menção na sessão ordinária da Câmara Municipal, no próximo dia 19 (terça-feira), marca o início da Virada Negra, evento criado pela Coordenadoria de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial (Ceppir) para comemorar o Dia Nacional da Consciência Negra, festejado no dia 20.

“Vamos usar a tribuna para convidar toda a população a participar da Marcha da Consciência Negra, no dia 20”, afirma Reginaldo Manoel da Costa, um dos idealizadores do movimento. No ano passado, a marcha reuniu mais de 1,3 mil pessoas.

Reinaldo diz que o movimento defende mais união e algumas bandeiras, dentre elas a introdução da história e cultura africana, afro-brasileira e indígena em toda a rede de ensino. “Também lutamos para que o Dia da Consciência Negra seja um feriado nacional, além do combate ao racismo e discriminação”, disse.

A estimativa é de que 2 mil pessoas participem da caminhada. A concentração acontece em frente à Câmara Municipal, a partir das 9h30, e segue até a Praça do Fórum pela rua Barão de Jundiaí. “Depois desceremos pela rua do Rosário até chegarmos em frente à Catedral Nossa Senhora do Desterro”, diz Reginaldo. “Vamos lutar pelo nosso direito e fazer valer a igualdade e oportunidade”.

A Virada
A proposta é recontar essa história de maneira muito atrativa e saborosa, já que uma das atividades programadas é a praça de alimentação com culinária típica africana e afro-brasileira. “A data propõe um momento de conscientização e reflexão sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura nacional”, explicou Vanderlei Victorino, responsável pela Ceppir.

Ainda no dia 19, às 19h30, haverá uma missa afro na Catedral Nossa Senhora do Desterro, seguida por um ‘desfile’ das escolas de samba em direção ao Clube 28 de Setembro.

No Clube 28, também será aberta dia 19, às 23h, a Mostra de Cinema Negro, que terá exibições durante três dias (19, 21 e 22 de novembro). Os filmes são produções que tratam, parcial ou integralmente, o tema. A curadoria é de Rodrigo Tangerino.

Dando sequência à programação, dia 20, às 8h, haverá um culto ecumênico na Câmara Municipal. Um pouco mais tarde, às 12h, será aberta a Praça de Alimentação com culinária típica africana e afro-brasileira, em frente ao Fórum de Jundiaí e contará com apresentações de capoeira, aulão-apresentação de tambores africanos, além de um show de maracatu com o grupo Tambores de Inkice.

Encerrando a programação, no dia 20, a partir das 16h, uma maratona de atrações no Polytheama, com apresentação das escolas de samba e show do músico e cantor jundiaiense Big Chico.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.