Terça-Feira, 18 de Junho de 2019

12/6/2019 - Jundiaí - SP

Visita monitorada à Serra do Japi é opção no feriado prolongado




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jundiaí

Quem não pretende viajar no feriado prolongado de Corpus Christi (20 de junho) pode aproveitar para fazer um roteiro ecológico na Serra do Japi. O programa de visitas monitoradas oferecido pela Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Planejamento e Meio Ambiente (UGPUMA), terá a trilha da Casa do Conserveiro nos dias 22 e 23 (sábado e domingo). O agendamento é feito diretamente com os monitores.

A Casa do Conserveiro é uma edificação de alvenaria que foi utilizada como moradia por um funcionário público até 2006, e que hoje funciona como apoio às atividades de educação ambiental. O local apresenta uma área que foi reflorestada e possui uma visão parcial da vegetação de encosta. O percurso permeia a mata ciliar do Córrego do Chá, uma pequena corredeira de água a 1.056 m de altitude. A trilha, recomendada para crianças acompanhadas dos pais ou responsáveis e idosos em condições favoráveis para caminhada, apresenta baixo grau de dificuldade, pois seus atrativos estão situados nas proximidades da Base Ecológica.

Com cerca de 4 km de extensão (ida e volta), o roteiro possibilita apreciar a vista panorâmica da cidade e a vegetação dos lajedos rochosos. Após a passagem pela bica de água não potável, o trajeto continua numa subida íngreme rumo à Casa do Conserveiro. O circuito tem capacidade máxima de 15 pessoas.

Visitas guiadas
As visitas à Serra do Japi ocorrem geralmente durante os finais de semana e feriados prolongados. Trata-se de uma atividade de educação ambiental que oferece ao visitante a oportunidade de conhecer o bioma da serra. Segundo a responsável pelo programa de visitas monitoradas da UGPUMA, Patrícia Porto Fernandes, 333 pessoas visitaram a Serra do Japi de janeiro a março deste ano. “Apenas as trilhas que percorrem cachoeiras estão temporariamente fechadas, pois estão passando por manutenção para garantir a segurança dos visitantes”, explica Patrícia.

Quem quiser participar da visita monitorada deve pagar uma taxa diretamente ao monitor responsável pela trilha no dia escolhido. É proibida a entrada na reserva biológica sem acompanhamento de monitores cadastrados. Além disso deve respeitar rigorosamente as regras para visita dentro da reserva biológica: manter-se na trilha ou circuito determinados, não retirar plantas, frutos, sementes ou animais da floresta e levar sacola para guardar resíduos (embalagens de alimentos, garrafas d´água). A roupa recomendada é calça comprida, boné, calçado confortável, fechado e seguro para percorrer trilhas, além de repelente e protetor solar.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.