Segunda-Feira, 6 de Julho de 2020

28/4/2011 - Jundiaí - SP

Estudantes conversam com o prefeito em café da manhã




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

Foi a primeira parada do projeto “Jundiaí, É Bom Viver aqui”, que, nesta quarta-feira (27) recebeu estudantes do ensino médio da EE “Adib Miguel Haddad”, do Jardim Santa Gertrudes. Antes de iniciar a visitação a locais onde estão instalados equipamentos públicos de serviço e lazer, os convidados do projeto participam de um café da manhã no Complexo Argos, quando são recebidos pelo prefeito Miguel Haddad. Dessa vez, como se tratava de um público jovem, a informalidade do encontro foi ainda maior.

O prefeito falou um pouco sobre o trabalho da administração, explicando como são definidas as prioridades, onde são aplicados os recursos públicos e explicou também que muitas ações não dependem exclusivamente da Prefeitura mas contam com a presença forte do governo municipal. Como a segurança pública, por exemplo, que foi um tema de destaque na conversa com os alunos. “Apesar do papel suplementar que a Guarda Municipal desenvolve, não deixamos de aplicar muitos recursos para um melhor aparelhamento da sua estrutura”, comentou. Ele citou a compra de equipamentos como os coletes à prova de bala, em número suficiente para que todos os GMs possam utilizar ao mesmo tempo, armamentos e viaturas, dentre outros.



Já sobre saúde, ele referiu-se ao São Vicente como o principal hospital da população, com capacidade para atender desde os casos mais simples às cirurgias mais complexas. “Não é a toa que parte da demanda do hospital é de pessoas que vêm de outras cidades”, comentou. Segundo ele, em todas as áreas, os problemas de hoje são diferentes de antigamente. Deu como exemplo o trânsito, que atualmente é uma preocupação nacional, pois o volume de automóveis nas ruas aumentou muito de uns anos para cá. “Da mesma forma acontece na educação, pois antigamente tínhamos que pensar em construir escolas, hoje, com salas de aula suficientes, nosso foco é a qualidade do ensino”, falou.


Encontro foi produtivo


Para a professora Liana Reschiotto da Silva, coordenadora do ensino fundamental da escola, a iniciativa do projeto é muito válida, pois desperta o interesse do jovem na discussão dos assuntos da cidade. “Eles levam isso para casa e acabam sendo agentes multiplicadores”, avaliou. Além disso, Ela considera que se trata de uma oportunidade importante para pessoas que não têm muito conhecimento de tudo que acontece na cidade.”Até pelo fato de o Santa Gertrudes ser um bairro mais afastado, poder conhecer outras regiões é muito bom”, disse.

Para o secretário de Comunicação, Carmelo Paoletti Neto, o objetivo do projeto, afeto à secretaria, é exatamente esse, de aproximar a população do governo municipal e oferecer a oportunidade de conhecer e participar. “Estamos avançando cada vez mais nesse sentido e a população tem manifestado, ela própria, o desejo de estar mais perto da administração”, completou.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa

O serviço de locação para festas esta na zona sul em São Paulo.Sendo do ramo de locação para festas.



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.