Quinta-Feira, 18 de Julho de 2019

17/2/2011 - Jundiaí - SP

Mutirão de castração animal atinge expectativa




da assessoria de imprensa da prefeitura de Jundiaí

O Mutirão de Castração e Identificação Animal, realizado pela Prefeitura no Jardim Novo Horizonte, apresentou resultado positivo. Cerca de 300 animais foram atendidos nos três dias de evento, reforçando a proposta da Secretaria Municipal de Saúde de trabalhar a questão da guarda responsável, o que resulta em controle populacional e qualidade de vida para os animais.

De acordo com o médico veterinário e coordenador do mutirão, Jonathann França Ribeiro, o número de atendimento ficou dentro do esperado e os animais que não foram levados nesta primeira etapa poderão ser atendidos na próxima ação prevista para maio. "Verificamos uma ótima aceitação. O número de faltas ficou dentro do esperado, uma vez que o Jardim Novo Horizonte é muito extenso, o que dificulta o transporte dos animais", enfatizou o veterinário, lembrando que do total de animais vacinados, cerca de 50 foram levados por Organizações Não-Governamentais (ONG'S) de Jundiaí e o restante também poderá ser levado posteriormente. Estava prevista a castração em 400 animais do bairro e 200 de ONG's.



O mutirão castrou e tatuou um código de identificação em cães e gatos fêmeas, de 6 meses a 10 anos de idade. A ação foi realizada a partir de convênio da Prefeitura com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, que contemplou Jundiaí com uma verba de R$ 78 mil. Foram atendidos apenas animais cadastrados pela Secretaria Municipal de Saúde durante censo realizado em novembro de 2010.


Durante o censo, os moradores foram informados sobre os procedimentos e agora em fevereiro foram avisados do dia e horário que os animais seriam atendidos. As cirurgias transcorreram dentro da normalidade, sem registro de reações adversas. "Os donos dos animais foram informados pelos agentes de saúde sobre os cuidados a serem adotados no pré e pós-operatório", frisou Ribeiro.


Abandono é crime


O abandono de animal é um problema de saúde pública e a administração desenvolve diversas atividades para conscientizar a população e conferir qualidade de vida aos animais. Jundiaí conta com cerca de 110 mil animais e estima-se que 5% deles estejam em situação de abandono.


A identificação promovida no mutirão vai ampliar de 2.500 para mais de três mil animais o cadastro municipal de cães e gatos identificados para coibir o abandono. O abandono de animal é crime, com penalidade que varia de seis meses a um ano de reclusão. Com a identificação será possível localizar o proprietário do animal para fazer a devolução ou adotar medidas dentro da lei para impor as penalidades.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Jundiaí Online.


Enviar esta notícia por email

Imóveis em Jundiaí

Apartamentos

Áreas Industriais

Casas

Chácaras

Comercial

Condominios

Fazendas

Haras

Sítios

Terrenos

Anuncie seu Imóvel

O mercado de Aluguel de louças aumentou (e ficou ainda mais qualificado) de uns anos para cá. Um exemplo? Outro dia estava organizando uma lista de materiais que precisariam ser alugadas (Aluguel de louças para festas) para um festa



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Blog  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.